Também queremos o "Ar Livre" de poluição

Recebemos imagens de um dos nossos leitores que mencionam um táxi que nos últimos dias, na zona de Benfica e Sete-Rios, tem emitido uma quantidade colossal de fumo negro, sempre por onde passa. Onde estão os Centros de inspeções e a polícia? Será que niguém entende que este fumo é prejudicial à saúde humana?

Sendo o taxista um motorista profissional e acreditado, não teria que exisitir maior vigilância por parte das autoridades perante estas situações? Legitimam também estas situações junto da população, formas alternativas e mais limpas de transportes públicos, como a Uber, considerando que os carros da Uber são por norma sempre mais recentes?

 
 
 

"Viatura conduzida por um profissional"

Imaginemos se fosse conduzida por um amador! Rua do Viriato, Lisboa.

A Chronopost, tal como os CTT têm a indicação de que as suas viaturas são conduzidas por "profissionais" e que caso seja detetada alguma infração, as empresas poderão ser contactadas através de  nºs 707 (chamada com um custo muito superior a uma chamada local).

Porque não estamos à espera que seja a empresa a advertir o funcionário por esta manobra inaceitável com a sua viatura, partilhamos a foto que um dos nossos leitores nos enviou.

Rua D. Estefânia, Lisboa - Passadeiras Hospital

Recebido por mail:

Bom dia,

Gostaria novamente de denunciar a verdadeira vergonha que se passa na Rua D. Estefânia todos os dias durante várias horas, agora com imagens mais recentes.

Os veículos de abastecimento do Mini-mercado Fresh, na Rua D. Estefânia, nº 61 são responsáveis pelo bloqueio total das duas passadeiras que servem o Hospital D. Estefânia. Passadeiras onde passam todos os dias centenas de pais com crianças de colo e com carrinhos de bebés, além de pessoas com mobilidade reduzida e invisuais.

Tenho alertado diversas vezes as autoridades por email e telefone, além de deslocações à esquadra mais próxima com fotografias, mas o resultado está à vista.

Assim, se vive em Lisboa no séc. XXI.

Cumprimentos

********

O ilegal foi legalizado na av. Gago Coutinho em Lisboa

Imagine caro concidadão, que era responsável por uma entidade pública e que recebia várias queixas dos seus cidadãos perante situações ilegais, neste caso, estacionamento sobre espaço pedonal, que constitui uma clara ilegalidade à luz do art.º 49.º do Código da Estrada. Como resolver este problema jurídico, mantendo-se o status quo? A resposta à la instituição portuguesa é deveras simples: legalizando o ilegal. Complexo? Nem por isso, as imagens falam por si!

Avenida Gago Coutinho em Lisboa,
note-se o passeio à direita repleto de carros

O carro vermelho está, de acordo com a sinalética
"legalmente estacionado", mesmo que o espaço entre o carro
e a parede seja menos de meio-metro!

Não há por acaso nenhum cidadão consciencioso, nobre e honroso, que esteja disposto a derrubar, destruir, dizimar ou vandalizar este sinal da Av. Gago Coutinho, como sinal de protesto? Será que é este o futuro da cidade de Lisboa, colocar um sinal destes e converter cada passeio, em estacionamento legal?

Estacionamento abusivo e ilegal - Urb. Jardim Amoreira, Ramada, Odivelas.

Recebido por mail:

-----

Boa tarde,

Exmos, Srs,

Venho por este meio solicitar a vossa melhor atenção para uma situação que se torna recorrente na Urbanização Jardim da Amoreira, Ramada, Odivelas, Lisboa.

O estacionamento abusivo e ilegal é recorrente, impossibilitando o acesso a garagens e travessia de peões no passeio como se pode constatar nas fotos que vos envio em anexo, tiradas hoje dia 1 de Julho de 2016 às 13:45.

Uma viatura de matricula 50-FT-53 estacionada em cima do passeio, ao lado de um sinal de transito que o proíbe, tapando a travessia dos peões e limitando muito o acesso à garagem do condomínio. Isto apesar de haver estacionamento normal disponível bem perto como se pode ver nas fotos.

Atentamente,
*****

Em Moscavide a praga automóvel continua junto à praça de táxis

E o que fazem as câmaras municipais de Lisboa e Loures, visto tratar-se de zona fronteiriça entre os dois municípios? Niente, chuta pra canto!

Táxi estacionado no passeio; Anjos, Rua Ilha do Príncipe; Lisboa

Recebido por email:
__________
Bom dia,

Venho partilhar um estacionamento de um táxi estacionado em cima de uma passeio nos Anjos (Rua Ilha do Príncipe).

Deve ter algum acordo com a garagem que pensa que a sua propriedade se estende pelo passeio. 
 
Cumprimentos,
*****

Lisboa Menina e Moça V

Continuamos na nossa rubrica habitual, da Lisboa Menina e Moça

Caros leitores, dizei-nos a que zona de Lisboa, faz referência esta foto de satélite. Quaisquer sugestões, mesmo que aparentemente ilógicas, são muito bem-vindas!


No Seixal; estacionar no passeio; é (i)legal

Recebido por mail:

---------- Mensagem encaminhada ----------

Caros,

Pela primeira vez vi alguém da CM do Seixal a admitir que o estacionamento em cima de passeios é ilegal e que as autoridades devem atuar. Nunca vi as autoridades atuarem no Seixal, mas vou começar a fazer mais denúncias e a encorajar outros a fazê-lo. Sempre que as autoridades não atuarem reencaminho para a autarquia.

Se acharem pertinente divulgarem a situação agradeço.

Saudações,
*****

---------- Forwarded message ----------
From: "DOTEP" <dotep@cm-seixal.pt>
Date: Apr 29, 2016 14:56
Subject: Solicitação de pilaretes/estacionamento abusivo
To:****

Exmo. Senhor

Em resposta ao seu pedido de 19/01/2016, referente à colocação de pilaretes na Avenida Seis de Novembro de 1836 em Arrentela, e após análise na Divisão de Obras, Trânsito e Espaço Público do Departamento de Obras, Equipamentos e Espaço Público, informamos que este tipo de intervenção não deve ser generalizado e deve ser priorizada na garantia de proteção do acesso a edifícios públicos, preservação de zonas verdes ou outros espaços de utilização pública.

Mais informamos, que a circulação e o estacionamento automóvel em zonas de passeio, sem que esteja devidamente autorizado, incorre no incumprimento do disposto no Código da Estrada, estando incumbidas nas Autoridades Policiais a competência da sua regulação e fiscalização, pelo que já enviámos um Ofício a solicitar o reforço de ações de fiscalização no local.

Agradecemos o facto de nos ter contactado e manifestamos a nossa disponibilidade e interesse sempre que considerar oportuno transmitir-nos qualquer reclamação ou sugestão.

Com os melhores cumprimentos,

O Vereador do Pelouro do Desporto, Obras e Espaço Público

José Carlos Gomes

(Por delegação e subdelegação de Competências
Despacho n.º 407-PCM/2015 de 30/04)

Serviços Operacionais (DOTEP)
Divisão de Obras Transito e Espaço Publico
Rua Lino de Carvalho, n.º1
Cucena
2840-748 Seixal
Telefone: 210 976 000 / Telemóvel: 919 558 289/Ext. 7012; 7085
www.cm-seixal.pt

JOTANT, Construções



Da série "estamos a trabalhar", na av. Conde de Valmor em Lisboa!

A lata desta gente do Porto!

Recebido por mail:
____________________________

Boa noite,

Envio em anexo, mais exemplos de falta de civismo e de irresponsabilidade!
No meu caso sou utilizador de cadeira de rodas elétrica, o que me causa imenso transtorno. Pois tenho que ir até uma passadeira rebaixada e ir pela estrada, por causa dos estacionamentos nos passeios. isto passou-se na Rua Henrique de Sousa Reis (Fotografias 1a, 1b e 1c), próxima da Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto. Arrisco-me a ser atropelado e o que piora a situação em dias de chuva.

Na fotografia 2a, a situação passou-se na Rua Horácio Marçal, próxima da Paróquia Nossa Senhora da Areosa, também no Porto.

Confesso que passou-me pela cabeça deixar um belo risco e depois uma mensagem escrita: Que te sirva de lição para a próxima vez que te passar pela cabeça estacionar no passeio!, mas pronto felizmente prefiro ser cívico e responsável.

Continuem com a luta!
Abraço,

*********

1a

1b

1c

2a
______________

Caro leitor, não risque, sejamos cívicos, use o autocolante, e use-o sem despudor em todos os vidros laterais da viatura. Muito obrigados pela sua contribuição e pela partilha da sua experiência.

Margem sul: a margem para o inferno pedonal

Recebido por um dos nossos leitores, partilhe!
____________

Caros,

Diretamente do "sitio onde são feitos os sonhos", mais propriamente da Margem Sul, seguem umas imagens que retratam a forma como os peões são tratados. Aqui o carro é o rei da "selva de asfalto". As autarquias e autoridades são coniventes com a ausência de passeios e quando estes existem servem de estacionamento.

As fotos são do Cavadas, no Seixal.

***leitor identificado***