Albufeira, vila piscatória e carroólica

Albufeira é uma bela vila turística e outrora piscatória. Todavia é perfeitamente comum haver artérias na cidade, no meio da cidade, ou seja, não falamos de artérias fora do concelho, falamos de ruas perfeitamente inseridas na malha urbana e a pouco menos de 2km da Praia dos Pescadores, onde não existem quaisquer passeios para peões. Normalmente julgamos que tais fenómenos urbanísticos acontecem apenas em países de terceiro mundo ou no meio rural, mas em Albufeira é assim mesmo, caminha-se na berma do alcatrão, e quando esta está ocupada para estacionamento, caminha-se literalmente na estrada.

Já quando os passeios existem, ou estão quase totalmente ocupados por carros, ou têm dimensões ridiculamente pequenas, que nem sequer em fila indiana somos capazes de os percorrer, sob pena de perdermos o equilíbrio. A única zona de Albufeira em que é realmente prazeroso caminhar a pé, é na zona da baixa central junto à Praia dos Pescadores, e por isso mesmo, é a zona com maior atração turística e com maior atividade comercial, quer de lojas, mas acima de tudo nos setores da restauração e da diversão noturna.

Impressiona como uma autarquia que recebe tantos turistas estrangeiros e recebe tantos dividendos fiscais dessa massa estival de turistas, tem várias artérias da cidade onde nem sequer há passeios, e quando os há, ou estão ocupados por carros, ou têm dimensões impraticáveis para caminhar.

Sem comentários:

Publicar um comentário