Estacionamento Abusivo

Recebido por e-mail:
----

Ex.mos Srs.,

Esta manhã, a INCM terá atingido um novo patamar na falta de decência e completa ausência de vergonha! Estavam 3 veículos (três!) na rua com o vosso nome, ocupando o passeio. Dois dos veículos, claramente ao vosso serviço, OCUPANDO A TOTALIDADE DO PASSEIO, sem qualquer possibilidade de passagem para o peão! Esta situaçao acontece de forma SISTEMÁTICA!

JÁ CHEGA! O peão não tem de arcar com os vossos problemas de cargas e descargas! A INCM tem nesta rua duas entradas para cargas e descargas. Se têm um problema que os vossos veículos não entram totalmente nestes espaços, RESOLVAM-NO! Se precisam de espaço para efectuar a manobra, ORGANIZEM-SE para que não existam veículos que impeçam as entradas! Se ainda assim não for possível, coloquem umas guardas para separar o tráfego pedonal do automóvel. As soluções existem e são diversas. Apenas precisam que V.Exas tomem uma atitude de resolução do problema. Como está, é TOTALMENTE INACEITÁVEL!!!

Estamos em 2016! Queremos vender a nossa cidade como moderna, civilizada! Como um local de excelência para visitar. Como um local de excelência para investir! Como se explica e convence alguém quando existem instituições que são a antítese do que pretendemos vender e mostrar? Com a INCM, aqui acompanhada pela Fonte Viva e pela Bamer, não se explica certamente!

Segue abaixo um extracto do "Plano de Acessibilidade Pedonal de Lisboa" datado de Julho de 2013 e disponível no 'site' da CML. Transcreve-se em particular o parágrafo referente a "estacionamento ilegal" na página 185, Vol. 2, referente a 'Via Pública':

"A permissividade relativamente ao estacionamento ilegal sobre as passadeiras, na área da faixa de rodagem que as antecede e na área adjacente do passeio causa inúmeras situações de perigo, colocando em situação de especial desvantagem as crianças e os peões com deficiência visual ou motora. Além disso, danifica os pavimentos (aumentando o risco de queda para cima da faixa de rodagem) e tem levado à instalação de pilaretes no enfiamento da passadeira (que são, quando muito, um mal necessário e dispendioso)." Serve para a vossa reflexão.

E para que não restem dúvidas, seguem anexas as fotos desta manhã. Sem mais,

*leitor identificado*

Sem comentários:

Publicar um comentário