Pergunta retórica aos nossos leitores!

Consideram caros leitores que um cidadão de bem, residente no município de Lisboa e pagante de todos os seus impostos municipais e nacionais, não tendo automóvel, poderia requerer à autarquia doze metros quadrados de espaço público 24 horas por dia, 365 dias por ano, eventualmente para um banco público, um micro-jardim ou um sofá, pagando por tal aluguer 1 euro por mês?

Sem comentários:

Publicar um comentário