Contributo de um leitor em Sesimbra

Exmo(a)s. Senhore(a)s:

No passado fim de semana (Páscoa) desloquei-me a Sesimbra, tendo-me deparado com o sistemático desrespeito pela proibição de estacionamento nos passeios, obrigando os peões - incluindo crianças, idosos, pessoas com mobilidade reduzida e/ou portadores de deficiência física, pessoas que transportam carrinhos de bebé, etc. - a deslocar-se pela faixa de rodagem, com prejuízo do seu conforto e perigo para a sua integridade física ou mesmo a sua vida.
As fotografias que envio em anexo documentam a situação existente apenas numa das ruas do centro da vila (infelizmente não retive o nome da mesma, mas certamente os destinatários desta mensagem não terão dificuldade em identificá-la). A situação repete-se em muitas outras. É falso o eventual argumento, sempre falacioso, de que há falta de lugares para estacionamento: eu também utilizei o meu automóvel para me deslocar a Sesimbra e não tive qualquer dificuldade em estacioná-lo de forma perfeitamente legal.

Considerando que compete à GNR a fiscalização do trânsito e estacionamento nesta localidade e às autarquias zelar pelo bem-estar dos cidadãos, que estão previstas sanções para os infractores e que podem ser colocadas barreiras físicas para impedir a ocupação dos passeios por automóveis, solicito a todas as entidades destinatárias que me informem das medidas que já tomaram, estão a tomar ou irão tomar (e quando) para pôr fim a este abuso ilegal, generalizado e perigoso. Aguardo a vossa resposta.

Cumprimentos,

14 comentários:

  1. Tudo indica que este pára-quedista, que se deslocou a Sesimbra, não é de Sesimbra, não vive em Sesimbra e não conhece Sesimbra.
    Primeiro ponto: deveria ter questionado se porventura aqueles carros (indevidamente estacionados) não serão dos moradores. Segundo: em qualquer aldeia do País o estacionamento é feito desta forma, porque não há outra. Terceiro: a rua fotografada não serve como exemplo do estacionamento (indevido) de Sesimbra. Quarto: a rua fotografada não tem praticamente trânsito nenhum, salvo o dos moradores, pelo que peão “anda na boa”. Quinto e último: Sesimbra tem a GNR mais fodida que é conhecida à face da Terra, no que toca à passagem de multas por estacionamento irregular. Basta para isso andar pela Baixa de Sesimbra e verificar.

    Tudo o resto é pura DEMAGOGIA, tal como os ACTIVISTAS que tanto gostam destas merdas das provocações, e que dão o cú e mais dez tostões para ir para o Barreiro (mesmo não morando lá) manifestar-se porque cheira mal ou porque as papoilas estão a morrer.

    Fique bem.

    P.S. – calculo e já sei todos os comentários que vem a seguir a este. Acreditem: estou-me cagando para eles (os posts, claro).

    ResponderEliminar
  2. 1. É irrelevante se os carros são ou não dos moradores; o espaço público (e em particular, os passeios) é de todos.
    2. Irrelevante e falso.
    3. Falso.
    4. Irrelevante.
    5. Paradoxal.
    6. Aprenda a discutir sem palavrões. Sentir-se-á muito melhor..

    ResponderEliminar
  3. Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

    ResponderEliminar
  4. Estes comentários de incitação à violência só demonstra que há pessoas que estão dispostas a tudo para continuar a portar-se mal à custa dos outros. Obviamente são uma minoria entre os centenas de comentários de felicitações e pedidos de autocolantes. Apelava ao bom-senso e ao bom estacionamento.

    ResponderEliminar
  5. Para o bem deste movimento, sugiro que sejam eliminados imediatamente todos os comentários com linguagem ofensiva. Isto está a chegar a um ponto de não retorno e convém eliminar o mal pela raiz.

    ResponderEliminar
  6. Começa-se a perceber que afinal este site prima pelas milicias armadas e pela agressividade. O projecto sempre foi meio dúbio e de cariz legal duvidoso, agora confirma-se. Obrigado mas não participarei em movimentos anónimos chantagistas. Ana Duarte

    ResponderEliminar
  7. Milícias armadas??? Agressividade???? Dúbio??? legal duvidoso??? Chantagistas???. Ana, ponha um bocadinho de consistência no que diz. É muito dificil defendermo-nos do que não faz rigorosamente nenhum sentido.

    ResponderEliminar
  8. 1º - lamento imenso que os turistas, neste caso um português que visitou a linda cidade de Sesimbra, seja apelidado de "pára-quedista".

    2º - pena é que a GNR, a tal f....., só multe os carros na Baixa da cidade.

    3º - este espaço serve para expressarmos de um modo correcto e construtivo a nossa opinião. Já que as autoridades pouco ou nada fazem neste campo, um dia tinha forçosamente de surgir alguém com coragem para denunciar e chatear os prevaricadores. Em boa hora apareceram estes jovens do Movimento Passeio Livre.

    4º - O palavreado vernáculo de casa que alguns espirram para aqui, sob o escudo do anonimato para ofender, não é o mais dignificante para a troca de comentários.

    ResponderEliminar
  9. Sim, aqui é tudo uma cambada de anónimos! Dêem a cara se têm coragem seus palhaços!!!

    ResponderEliminar
  10. O elegante primeiro comentador anónimo já nos acusou de dar o "c* e mais dez tostões"... Agora também querem que demos a cara? Há limites para tudo!

    ResponderEliminar
  11. Como eu gostaria de viver num país civilizado, onde pudesse caminhar à vontade no passeio, onde os portadores de deficiência motora não se deparassem com tantos obstáculos, onde os idosos pudessem passear, lentamente, disfrutando da sua ociosidade!!! Será isto uma utopia?
    Como irão reagir os prevaricadores de agora quando forem idosos?! Como se sentiriam se tivessem de se deslocar numa cadeira de rodas?! Tenho pena desta gente que pensa ser dona do mundo e nem neles próprios conseguem mandar...

    ResponderEliminar
  12. Este senhor se está com dor de barriga tem bom remédio!

    ResponderEliminar