Sinalética apenas para prender arranjos de Natal

Rua da Condessa e Rua do Duque (à Calçada do Carmo), Lisboa

O sinal colocado no inicio da Rua da Condessa é claro, Paragem e Estacionamento Proibido, mas é só para enfeitar, ninguém lhe liga.

Na Rua do Duque o sinal é de Trânsito Proibido exceto 4 situações, mas não me parece que algum dos carros ali estacionados se enquadre em alguma dessas exceções, estão ali estacionados e dali ninguém os tira.

Que fazer caros leitores? Confessamos que no PL começamos a ficar vazios de ideias de como combater esta praga urbana!

A Polícia Municipal de Lisboa que é paga por todos para cumprir a lei, não cumpre. Limita-se perante as ocorrências a ir aos locais, as pessoas tiram os carros do local sem sequer serem multadas muitas vezes, e quando o agente da PM se vai embora, volta tudo à mesma situação! E o ciclo desta praga continua. Enquanto não houver um autarca decente, esta praga continuará.



[46-87-VJ] Rua Dr. António Granjo, Algés


Veja-se o pormenor do estacionamento à esquerda, com os carros a obstruírem o passeio, apesar dos lugares de estacionamento estarem pintados na faixa de rodagem.

Estacionamento abusivo em ambos os lados da Rua Dr. Antonio Granjo no centro de Algés, a menos de 200m de pelo menos um parque de estacionamento público (na Rua Ernesto da Silva).