United States of Narcissism: passeios na Rua das Escolas Gerais, Lisboa

Carros estacionados abusivamente nos passeios do Campo Grande, Lisboa

Exm.ºs Senhor
Comandante da Polícia Municipal 
de Lisboa,

Venho pelo presente e-mail dar vos conhecimento e pedir a resolução da existência de carros regularmente estacionados de modo abusivo (sobre o passeio) em frente, ao lado, e atrás das paragens de autocarro situadas entre o Campo Grande, n.º 260 a 270. O estacionamento e manobras destes carros põem em perigo a circulação de peões e utilizadores dos autocarros das carreiras regionais que aí param e da Carris (701, 717, 736, 750, 767), em especial pessoas com mobilidade reduzida como são as crianças, pessoas com cadeirinha de bebé, idosos, deficientes, etc.

Curiosamente, uma escola de condução - com parcerias anunciadas com a PSP e associação Salvador - estaciona vários carros neste passeio, instruindo pelo seu exemplo os seus alunos - e prováveis futuros condutores - a fazerem o mesmo. Ver imagem google com localização em baixo:



Também em frente ao interface do Metro do Campo Grande, junto à paragem dos autocarros 717, 736, 747 e 796 é habitual ter carros estacionados abusivamente em cima do pouco espaço pedonal disponível em frente aos edifícios com n.º de polícia, Rua Cipriano Dourado n.ºs 12 e 14 o que obriga os utilizadores dos autocarros a circularem na via com todos os perigos que isso acarreta, e impossibilita a acessibilidade a pessoas com mobilidade condicionada; ver imagem google com localização e provas em baixo:



No sentido de impor a lei conforme dita o funcionamento de uma autoridade num estado de direito, e assegurar a segurança dos peões, em especial os mais debilitados, espero que a polícia municipal atue em conformidade.

Melhores Cumprimentos

***Leitor identificado***

(comentário PL: Atuará!?!?)

A TV não pode estacionar nos passeios, pode?

Dia de Manifestação em Lisboa (02.Mar.2013). Cobertura da mesma pela TVI com carros de exteriores em plena Praça dos Restauradores.

Em Miraflores (Algés) o regabofe continua...

Veículos abandonados nos passeios

Têm-se visto neste espaço, onde se reclamam e denunciam situações anedóticas de mau e abusivo estacionamento, mas os carros lá se vão movimentando pelos passeios.
 
E os veículos em fim de vida abandonados? 
 
Tenho enviado regularmente listas para a Ecalma de carros abandonados na via pública, uns largados em locais bem estacionados, mas outros como as fotos bem documentam, são deixados pelos desleixados donos, à balda.
 
Como seria para ficarem no mesmo sítio, até que as Câmaras os retirem, ao menos podiam ter a atenção de os deixar sem incomodar os peões, mas são portugueses, senhores!
 
Aguardamos ao menos que estes sejam removidos, por já ali estarem há muito, sem a inspeção e seguro validos.

***Leitor identificado***

Via rápida de pedrouços

Pegue-se numa rua recta, larga não , muito larga, mas com passeios não tão largos como isso, permita-se o estacionamento em cima desses passeios, e qualquer "Fangio" pode fazer o gosto ao pé no acelerador! Em Lisboa, numa rua que devia ter carácter residencial, onde há vários infantários, em pleno século XXI... Triste!

Os chicos espertos

Este carro, por muito incrível que pareça, estava estacionado ontem, 18 de abril às 18:38, no túnel pedonal sob a estação de Entrecampos, em Lisboa. Não há palavras para descrever tanta falta de civismo, nem sequer consegui perceber como foi lá parar o carro. Para se chegar até este ponto vindo da estrada, é necessário percorrer pelo menos uns bons 50 metros de passeio.

57-89-MC

Em frente ao Joaquim Chaves

É sempre um rega bofe... As carrinhas de entregas, a tomada e largada de passageiros, etc... Tudo pára em cima da passadeira e/ou ao lado da paragem dos autocarros. 

A PSP de Miraflores fica a menos de 100m de distancia. 

Ainda (e sempre...) a Av. do Brasil

6 de Abril de 2013
Se fosse preciso escolher uma rua (e uma só) para ilustrar o estacionamento caótico e selvagem em Lisboa, o triste prémio iria, decerto, para a Av. do Brasil. Ali pode ver-se de tudo, e 24/7!
Parabéns, pois, a quem "faz", a quem "deixa fazer" e a quem "não se importa" - estão todos bem uns para os outros!