A 3ª hipótese...

É bem possível que o condutor deste carro tenha, de início, ficado baralhado com o facto de os lugares de estacionamento marcados no chão serem contraditados pelo sinal de proibição de parar...
Mas, como bom automobilista lisboeta, não se atrapalhou, e recorreu, com êxito, à solução habitual!