Suspeita de atropelar mortalmente jovem tinha excesso de álcool

As análises ao sangue da mulher suspeita de atropelar mortalmente um jovem na noite da passagem de ano em Lisboa permitiram detetar uma taxa de alcoolemia de 1,67 gramas/litro de sangue, considerada "crime", disse, esta quinta-feira, fonte policial.

O jovem estudante de medicina foi atropelado a 1 de janeiro, pelas 4 horas, na avenida Ribeira das Naus, junto ao Cais do Sodré, tendo o condutor fugido do local. O jovem foi transportado para o Hospital de São José, mas acabou por falecer devido aos ferimentos.

Cinquenta minutos depois do acidente, a polícia encontrou um veículo suspeito de ter atropelado o jovem - sem um espelho retrovisor que foi encontrado no local -, encontrando-se no seu interior, no local do condutor, uma mulher de 30 anos a dormir.

Na altura, a polícia não conseguiu fazer o teste de álcool à suspeita, que teve que ser transportada ao hospital para fazer análises ao sangue.

O resultado das análises ao sangue foi entregue esta semana à polícia por um hospital de Lisboa e revela que a suspeita tinha no sangue uma taxa de álcool superior ao permitido por lei.

Segundo a fonte da PSP, a polícia vai enviar ainda esta semana os resultados das análises ao Ministério Público.

Fonte: http://www.jn.pt/PaginaInicial/Seguranca/Interior.aspx?content_id=3081420#sthash.hipptOgT.dpuf

Como, em Lisboa, os transportes públicos são acarinhados...


27 Fev 2013 - 12h33m
*
Actualização:

No mesmo local (invariavelmente pejado de carripanas), um fiscal da EMEL em plena "actividade"...

Angra do Heroísmo, Património da Humanidade

É preciso ser-se dotado de muito "heroísmo" para se ser peão em Portugal

Contributo Albergaria-a-Velha (parte 3)






























E superada esta prova de obstáculos, eis que chegamos ao Centro Coordenador de Transportes, principal porta de entrada da Cidade. As fotos que se seguem dispensam comentários. Apenas de salientar que a circulação se faz em um sentido e existem bastantes lugares de estacionamento, quase sempre disponíveis, com exceção de algumas horas de alguns domingo à tarde, derivado da afluência de passageiros para os "Expressos". Que bonita imagem que fica da cidade, quando alguém acaba de chegar ou está apenas de passagem... 

"Vejam, vem aí a televisão...."

Foto tirada no dia 29 de Dezembro de 2012

Avenida Rio de Janeiro (Lisboa)

Bem vindos ao IMPÉRIO DO AUTOMÓVEL!
Reparar no detalhe do relógio com o logo da CML a encimar o conjunto, qual cereja no topo do bolo.
Convidamos o Sr. Espaço Público a vir dar um passeio por esta avenida (a pé e não de carro).

Largos da Rua Guilhermina Suggia (Lisboa) transformados em parques de estacionamento

Estes largos, pequenos largos ajardinados com calçada à portuguesa, em tempos foram passeios interiores de acesso aos prédios, pequenos espaços públicos comuns onde os vizinhos confraternizavam. Hoje são parqueamento de moradores e visitantes.

Tudo «Por boas causas»...

19 de Fevereiro de 2013, pelas 12h
Imagens bem conhecidas da Mouraria, em Lisboa
.
O mais absurdo é que, a crer na tabuleta lá existente, estas agressões à calçada são feitas com toda a legalidade. De tempos  a tempos, vêm calceteiros da autarquia compor os estragos... e adivinhe-se quem paga... Pelos vistos, nem a Junta de Freguesia, nem PSP nem a Santa Casa (quanto mais os particulares!) têm «Misericórdia de Lisboa».