A malta do "Estamos a trabalhar!"

A Av. da Igreja, em Lisboa (bem assim como algumas das suas transversais), até costuma ser vigiada pela EMEL que, embora com as limitações conhecidas, lá vai fazendo alguma coisa - entre multas e bloqueios mais ou menos arbitrários.
A excepção é - já se sabe - a malta do "Estamos a trabalhar!".
A imagem mostra uma situação dessas, com um casal de estrangeiros a contactar com tão bizarra forma de impunidade garantida.