Mota bloqueada pela EMEL

30-06-2012, 15:42, Terreiro do Paço 
Os casos de motas bloqueadas são deveras escassos, mas também acontecem. Os meninos das motas (e em parte também os das bicicletas), acham, que por terem duas rodas podem estacionar e circular livremente e à Lagardère, em espaço público destinado exclusivamente a peões. O Passeio Livre, tem fortes razões para criticar a EMEL, mas também sabe congratulá-la quando faz um bom trabalho: foi este o caso retratado na foto tirada no Terreiro do Paço.

Obrigado EMEL!

Av. Almirante Reis, Reino do Caos e da Impunidade selectiva

A
B
C
D
E
F
G
 H
.
Estas fotos foram todas tiradas de seguida (na Av. Almirante Reis, em Lisboa, numa manhã de uma 5ª-feira de Junho), e cada uma merece um comentário próprio:

Foto A - A Polícia Municipal - e muito bem! - bloqueou estes dois carros, indevidamente estacionados em lugar destinado a cargas e descargas.
Fotos B, C e D - Estas duas carripanas estiveram assim o tempo que os seus condutores quiseram, sem que nada lhes sucedesse. É a famigerada malta do "estamos a trabalhar!", para a qual há uma tolerância ilimitada, a que corresponde uma impunidade absoluta.
Foto E - O cavalheiro parou em pleno espaço da Carris e deixou-se ali estar, dentro do carro, o tempo que quis e lhe apeteceu. Esta esperteza-saloia dá sempre resultado: se visse aparecer alguma autoridade, desandava dali, e nada lhe sucedia.
Foto F - Num lugar bem conhecido pela impunidade garantida e ilimitada: a Praça do Chile, junto ao Chimarrão.  Também aqui, um profissional-da-treta teve o cuidado de não colocar o pilarete que podia impedir o que aqui se vê, e que é uma cena de todos os dias.
Foto G - O condutor, em princípio, não está a fazer nada de mal, pois os pilaretes são amovíveis, pelo que o acesso ao passeio é, embora limitado, autorizado.
Foto H - No seguimento da anterior: vendo melhor, os buracos para os pilaretes estão atafulhados com lixo, pelo que os mesmos não se vêem nem sequer já devem existir...

Genial!

Com dois dos pilaretes devidamente entortados (um para a esquerda, outro para a direita), já este condutor pode tirar a carripana mais "à larga"...