O exemplo da autoridade

Por favor denunciem este escândalo. Os passeios em frente da Polícia Judiciária em Lisboa foram "reservados" para estacionamento privado dos elementos da mesma. Chegaram ao cúmulo de colocar grades e fitas com identificação da PJ para dissuadir o comum cidadão de fazer o mesmo. Esta situação dura há anos, nem sequer é uma situação temporária, como se isso justificasse esta barbaridade.
É revoltante assistir ao facto de que a própria autoridade desrespeita a lei desta forma tão escancarada e pior ainda é a cumplicidade usual da autarquia.
Tendo em conta que existe um estacionamento da EMEL na mesma rua e um subterrâneo a menos de 100 metros, demonstra ainda mais a falta de respeito, competência e idoneidade de quem deveria fazer respeitar a lei.

Esta é uma situação que não se veria noutro país Europeu e espero que seja denunciada. Vergonhoso!












Contribuição enviada por e-mail

As Boas Causas

No Largo da Mouraria, em Lisboa, pessoal da Santa Casa valoriza, à sua maneira, a tão incensada calçada portuguesa.
Que diabo!, nem eles têm misericórdia de Lisboa?!