Perigo no Castelo

No passado dia 3 de Janeiro, por volta das 10h da manhã, um veículo dos Bombeiros Voluntários de Lisboa (BVL) não conseguiu entrar no Bairro do Castelo devido ao estacionamento selvagem. Apenas uma hora depois foi possível ao veículo de emergência entrar pelo portão do Menino Deus. Mais tarde, por volta das 14h, ao regressar ao Castelo, o veículo dos BVL voltou a sofrer dificuldades de acesso exactamente no mesmo local. A zona afectada por este estacionamento caótico está dentro da área de gestão da empresa municipal EMEL, nomeadamente o Largo do Menino Deus. Conforme se pode verificar pelas imagens em anexo, os arruamentos de acesso ao Bairro do Castelo, via portão do Menino Deus, estão diariamente invadidos de viaturas estacionadas em locais proibidos. Não parece existir fiscalização por parte da EMEL. Tal como ficou provado, o acesso de veículos de emergência não está garantido. Na eventualidade de um incêndio ou outro sinistro, num dos imóveis em mau estado de conservação do bairro civil do Castelo, é muito provável que as consequências sejam trágicas. Não é aceitável que uma "Zona de Acesso Condicionado" falhe na garantia de acesso a viaturas de emergência. Face à gravidade do sucedido na 2ª feira, já foi solicitado ao Vereador Fernando Nunes da Silva a tomada de medidas urgentes. É a segurança dos cidadãos que está posta em causa.


FJ







via CIDADANIA LX by FJorge on 1/5/11