VEJA AQUI, NOS COMENTÁRIOS, O NÍVEL DE QUEM ESTACIONA NOS PASSEIOS!



Farmácias - De quantos «são só 5 minutos» se faz um dia inteiro?

«Farmacias esses locais de dificil acesso
Estas fotos retratam o que se passa diariamente a porta das farmácias, "todos" estacionam mal porque são só 5 minutos e não incomoda ninguém, resultado o passeio fica impedido durante grande parte do dia...


Quem tiver dificuldades de locomoção (a maioria dos idosos) ou quem simplesmente pretender se deslocar à farmácia a pé que se lixe.»

Contribuição de um leitor,

Para que servem os passeios na Rua de Dona Estefânia?

«Para que servem os passeios na Rua de Dona Estefânia?

Para estacionar viaturas automóveis. E assim obrigarem os peões a sairem do canal pedonal e passarem a circular nas faixas de rodagem como mostra a imagem.
Os passeios também servem para depositar monstros variados e para arrumar os caixotes do lixo, como mostra a imagem.
E para que servem os novos lugares de estacionamento para motos? Para estacionar carros!
Na Rua de Dona Estefânia não é fácil encontrar passeios livres.
Enfim, os carros em Lisboa têm um apetite insaciável. Querem tudo! E pelos vistos conseguem facilmente o que querem.»


Nem quero, entretanto, saber como ficaram os passeios de Lisboa!

«Este é o único tipo de carro que gosto de ver, parado ou em andamento, neste local.
Tristemente, só tenho esse prazer quando acontece, como foi o caso do passado dia 15 de Junho, uma greve de comboios e os moradores do meu bairro suburbano, no lugar de entupirem os passeios junto à estação de caminho de ferro, levam o popó para Lisboa.
Nem quero, entretanto, saber como ficaram os passeios de Lisboa!
A bem dos passeios livres do meu bairro, vivam as greves da CP!»
Contribuição de um leitor,

DIA DE GREVE DA CP


DIA NORMAL DE SEMANA

NOTA: A presente contribuição, enviada para o peão.exaltado, pese embora o seu tom irónico, pretenderá demonstrar certamente que todas e quaisquer campanhas de mobilidade sustentável, por muito boas vontades que estejam nas suas origens, chocam claramente nos problemas provocados por uma péssima gestão urbanística dos nossos subúrbios; problemas estes que, aliados à falta de civismos dos nossos concidadãos, traduzem-se em situações lamentáveis como a descrita.

Postais & Quiosques

«Reparar que os novos quiosques que a empresa CEMUSA tem vindo a instalar em toda a área da BAIXA-CHIADO são maiores que os anteriores e têm o dobro do espaço para paineis de publicidade!»
Contribuição de um leitor,

Desabafo - Rua Maria Pia

«Exmos Senhores:

Situações como as verificadas na imagem em anexo, são constantes e ultrapassam qualquer tipo de argumentação de falta de espaço para estacionar, pois neste troço da Rua Maria Pia, o estacionamento selvagem existente em cima dos passeios de ambos os lados da rua, passadeira e paragens da Carris, é diário e num completo atropelo às leis do Código da Estrada e do civismo.

É frequente verificar que o proprietário da viatura estacionada na paragem da Carris, não tem qualquer problema na continuidade da infracção porque de certeza nunca teve a viatura rebocada ou foi autuado pelas infracções cometidas: estacionamento em cima do passeio e numa paragem de transportes públicos, assinalada com traçado no chão e antecedida de sinal de proibição de parar/estacionar, embora com frequência por ali passem viaturas caracterizadas da PSP em serviço de ronda (penso eu...).

Esta situação verifica-se na paragem da Carris entre os nºs. de polícia 185 e 187 da referida rua, mas também é frequente o estacionamento selvagem em cima do passeio e na paragem do outro lado da rua, um pouco mais acima.

Estive para não vos enviar esta imagem dado que já vos enviei outras em situações anteriores e não foram publicadas. Não sei que critério utilizam para a publicação das imagens, mas penso que esta imagem vale por mil palavras e é demonstrativa da completa falta de civismo existente neste País, além da contínua impunidade pelas infracções cometidas.
Com os melhores cumprimentos,»