Pedidos de autocolantes

Como devem calcular os milhares de autocolantes que andam nas ruas são distribuídos de alguma forma.
Para quem não conhece, é simples. Basta enviar um e-mail para peao.exaltado@gmail.com .


Ficam alguns exemplos dos pedidos que nos chegam:


"Vi no Facebook que voces tem autocolantes para oferecer. Gostaria de pedir algumas, porque aqui na zona da Lapa e um horror dos carros."


"ola boa noite!
antes de mais, gostaria de felicitar-vos pela maravilhosa iniciativa!
gostaria de saber como e onde posso obter esses maravilhosos autocolantes?
para vos ajudar nesta luta! "

"Bom dia,
Só posso congratular-me pelo vosso movimento de apelo à cidadania e boa convivência entre todos.
Resido em Coimbra e é comum ter os carros estacionados durante o dia e a noite nos passeios que utilizo. 
Gostaria que me pudessem facultar alguns autocolantes."

"Já acabei com os autocolantes que me enviaram e que bom uso tiveram! Por isso mesmo venho pedir que me enviem mais autocolantes, desta vez uns 100 se tiverem, para eu não estar sempre a pedir-vos para enviarem. Eu depois faço a TB do valor de portes e uma ajuda para os autocolantes."

"Boa noite
Hoje tive o prazer de verificar num carro pela primeira vez um autocolante que desconhecia e que de facto não podia concordar mais, tendo em conta as variadíssimas situações que me arrependo de não deixar um recado em certos carros...
Gostaria de saber como posso obter o autocolante em questão."

"Boa noite
foi so hoje que conheci a vossa pagina no facebook, é uma iniciativa muito interessante, onde é que eu posso buscar autocolantes amarelos? Realmente em Lisboa podem ser muito uteis, podem-me ajudar?
Obrigada e parabens pela otima iniciativa!"

"Viva,
Vi uma reportagem na televisão sobre o vosso movimento e identifiquei-me imediatamente: eu também ando bastante a pé e deparo-me diariamente com estes atropelos aos direitos dos peões.
É possível enviarem-me alguns exemplares dos autocolantes, sff?"

"Esgotada que está a 2ª "fornada" de autocolantes, venho por este meio pedir um 3º fornecimento. A verdade é que na rua que dá para as traseiras de onde moro, consegui eliminar todo o estacionamento em cima dos passeios. Por isso, tenho-me dedicado a outros arruamentos, tanto em Algés, como em Lisboa. Espero que mais gente esteja a fazer como eu."


Podíamos estar aqui todo o dia a colar textos de quem nos pede autocolantes, mas acho que dá terem ideia. As pessoas querem contribuir para uma melhor qualidade de vida nos seu bairros e nós estamos cá para ajudar.

Passeio Livre

O que se encontra no «google street view»

«Vivo na Baixa e não tenho carro, ando muito a pé e de bicicleta. No outro dia fiquei indignadísima, quando vi um carro da PSP parado em cima do passeio da Rua do Ouro, infelizmente não tinha máquina comigo, por isso n pude documentar o momento. Hoje descobri o blog passeiolivre, fiquei fã. E lembrei-me da situação, fui ao google e encontrei esta imagem, não é um carro da PSP, mas são 2 carros de seguida a ocupar o passeio. Inadmissível!»
Contribuição de uma leitora

Nota do PL: São incríveis as situações vergonhosas que se conseguem ver através da recente ferramenta do Google maps (o Google street view), a realidade é que a situação descrita nem é das piores, pois são zonas muito patrulhadas pelas autoridades, o caos começa quando nos afastamos das áreas mais centrais e emblemáticas e entramos nas ruas e ruelas da capital.


Avenida do Brasil - The Best Of...

«Noutro dia pus-me a descer a avenida do brasil, e ao longo da avenida, fui tirando fotografias com o telemóvel aos carros todos em cima do passeio, em particular àqueles que para além de estarem em cima do passeio, estão nas arcadas do prédios.
Eu entretanto mudei po outro lado da rua, mas como nesse lado estão a fazer as obras da ciclovia, não havia carros lá parados, até chegar mais ao fim da rua, onde a ciclovia já está feita, faltando apenas pintar, onde os carros da escola de condução campo grande, estavam todos no passeio ou em cima da ciclovia.
(...)»
 
Contribuição de um leitor

"Vigilantes" da Carris: mais de 9000 autuações em 2009

«Desde 2004 que a Carris dispõe de um serviço de “Vigilantes” com o objectivo de contribuir para a melhoria das condições de circulação e operação do transporte público da Carris, complementando a actividade normal das entidades policiais. Diariamente os “Vigilantes” percorrem a rede da Carris, procurando com a sua presença desmotivar as infracções na circulação e no estacionamento que penalizem a circulação dos autocarros e eléctricos.

Infelizmente, apesar da actuação dos “Vigilantes” e das entidades policiais, ainda se verificam muitas situações de falta de respeito pelo transporte público. Segundo informação da CARRIS, só no ano de 2009, os agentes da Polícia Municipal, em serviço nos “Vigilantes”, procederam a mais de 9000 autuações, com parte significativa ao longo do trajecto da carreira 28 de eléctricos.

Fotos: o dia a dia dos peões, e do Eléctrico 28, na R. de S. Vicente e na R. das Escolas Gerais»
Contribuição de um leitor,