O mal e a cura...


Embora nesta terra tudo possa acontecer, este local - em concreto - tem algumas características que nos levariam a pensar que uma cena destas não devia ser possível:
  • É frequentado por veículos que, com frequência, circulam a alta velocidade
  • Tem estacionamento disponível
  • É bastante policiado.
No entanto, também é verdade que, se algum peão for aqui atropelado, tem bom remédio...
É que se trata do Hospital de S. José (em Lisboa) - e as urgências são mesmo ali ao fundo...

Praça Manuel Cerveira Pereira - carta de um munícipe

«Bom dia,
Venho por este meio pedir à CML a instalação urgente de barreiras (ex: pilaretes) nas passadeiras e passeios da Praça Manuel Cerveira Pereira. A proliferação do estacionamento selvagem constitui uma ameaça à segurança das crianças que brincam neste espaço público. A constante circulação de automóveis nos passeios pode ocasionar atropelamento de crianças.
Alerto também para um reboque que está acorrentado a uma das árvores da praça.
Por último solicitamos a reabertura de duas caldeiras e plantação das olaias em falta.
Com os melhores cumprimentos,»
De um leitor para: para municipe, daev.dj, jose.sa.fernan, CC ao Passeio Livre.



Largo de São Martinho 13

«A falta de civismo em Portugal não parece ter limites para além do egoísmo extremo. Mesmo quando a CML coloca pilaretes para garantir a circulação de peões e de eléctricos, aparece sempre alguém capaz de "ultrapassar" todos os obstáculos, todo o bom senso e respeito pelos outros cidadãos. Observo viaturas assi estacionadas há quase 2 semanas. Todos os dias vejo carros bloqueados na Baixa e Chiado mas raramente vejo igual punição nas freguesias da Colina do Castelo»
Contribuição de um leitor,



Controle de estacionamento - carta de um munícipe

«Boa tarde,

Após ter observado uma situação como a seguinte em Carcavelos, só posso congratular a Junta pela tentativa, embora ingénua, de limitar o estacionamento selvagem. Ora vejamos, o seguinte pedido foi colocado em frente a uma passagem de peões:


Esta foi, como é lógico no "civilizado" povo português, a receptividade dos moradores (é como dizer ao ladrão "Não roubes"):

Como peão há 40 anos, vou dar três dicas:


1ª se querem impor algo aos automobilistas portugueses, coloquem no local um agente da autoridade e não um painel.
2ª se querem delimitar totalmente um passeio, delimitem-no efectivamente a 100% e não como no exemplo seguinte da Rua Jacinto Isidoro de Sousa. Escusado será dizer que o total desrespeito pelo peão continua. Todos os passeios continuam invadidos:

Como peão há 40 anos, vou dar três dicas:


1ª se querem impor algo aos automobilistas portugueses, coloquem no local um agente da autoridade e não um painel.
2ª se querem delimitar totalmente um passeio, delimitem-no efectivamente a 100% e não como no exemplo seguinte da Rua Jacinto Isidoro de Sousa. Escusado será dizer que o total desrespeito pelo peão continua. Todos os passeios continuam invadidos:

Penso que se estas dicas forem realmente para a aceites, ajudará Carcavelos e Cascais a deixarem de ter a fama que têm.
Cumprimentos,»

Rua Joaquim Bonifácio

«Em Junho de 2008, e novamente em Março último, solicitei à Câmara a colocação de pilaretes no passeio da Rua Joaquim Bonifácio entre os úmeros de polícia 13 e 35.
Estas cinco fotografias mostram o dia-a-dia deste passeio. Ilegalmente ocupado por carros estacionados. E é assim há muitos anos. Os munícipes idosos, invisuais e deficientes motores não podem circular em  segurança.
Poderão também observar que a própria paragem dos transportes públicos, situada no início da rua, fica muitas vezes obstruída pelos carros.
Agradeço a denúncia deste caso no blogue.
Cumprimentos e muito obrigado a toda a equipa Passeio Livre.»

Contribuição de um leitor.



ANARQUISMO em Espinho



«Junto remeto algumas de muitas fotografias que ilustram o CAOS e Anarquia do trânsito em Espinho, sem que se VEJA acção das autoridades policiais e camarárias.
Para lá da instalação de segmentos de estacionamento pago, nada mais foi feito no sentido de defender os peões nas ruas pedonais, nas passagens de peões(zebras), e INCLUSIVAMENTE nas zonas de esplanadas da praia, muito em particular na época balnear»



Obstrução Grosseira


Bartoon. in Público, 19/01/2010

PSP e Polícia Municipal recusaram comparecer no local

Caro Peão Exaltado.

Não sei se o vosso blog aceita colaborações que reportem situações em Lisboa, ainda assim arrisco, e já em desespero de causa, uma vez que a PSP e Polícia Municipal recusaram comparecer no local.

Dia 18 de Janeiro liguei por duas vezes para a Brigada de Trânsito da PSP.

Dia 19 de Janeiro liguei uma vez para a Polícia Municipal.

Ambas as Polícias responderam que seria necessário formalizar a queixa, e que a actuação nunca poderia ocorrer no próprio dia. Sendo esta uma situação de perigo iminente, uma vez que os oito veículos estacionados ilegalmente na faixa de rodagem, impendem a passagem de veículos de emergência de maiores dimensões, pergunto-me se não bastaria um simples telefonema para que actuassem. Sei que estou a fazer a avaliação correcta, porque a polícia por vezes bloqueia carros nesta zona, é pena que apenas o faça trimestralmente.

A polícia recusa-se a actuar, a quem faço queixa da polícia? Liguei para o Centro de Atendimento ao Munícipe, e a operadora disse-me que não poderia fazer queixa dos colegas (Polícia Municipal), e recomendou que eu escrevesse ao Presidente. Pergunto-me, deverá ser o António Costa, pessoalmente, a resolver todos os casos de estacionamento ilegal em Lisboa? Não pode ele confiar na Polícia Municipal?

O carro da Brigada de Trânsito que aparece nas fotos, só apareceu no local, porque houve dois veículos que embateram.





8 veículos em cima do passeio. ( R. Lúcio De Azevedo )






7 veículos em cima do passeio. ( R. Lúcio De Azevedo )






8 veículos estacionados na faixa de rodagem, impedindo o acesso de veículos de emergência de maior dimensão (O citroen que aparece à esquerda, é um dos veículos sinistrados) ( R. Ginestal Machado )







4 veículos em cima do passeio. ( R. Ginestal Machado )

Com os melhores cumprimentos,



RR

Pedonalização uma ova!

Envio em anexo duas imagens que bem ilustram o fracasso total da "pedonalização" da Rua dos Bacalhoeiros na Baixa.
 








Para quando a pedonalização efectiva deste arruamento? 


Para além dos passeios serem ridiculamente estreitos, ninguém parece respeitar a sinalética. 

Desde que Carmona Rodrigues a "pedonalizou" aumentou o estacionamento em 2º fila e nos passeios.

Esta rua, devidamente pedonalizada, tem um grande potencial, tanto para os moradores (ganhavam um espaço público de convívio) como os restaurantes e restante comércio tradicional. 

O outro arruamento cuja pedonalização, contemporânea deste, também fracassou: o sector da Rua das Portas de Santo Antão, entre a Rua do Condes e o Largo da Anunciada - está transformado em estacionamento privativo de um restaurante bem conhecido...

FJ