«...é simplesmente ridículo!»(?)

Anónimo disse...

«Hoje, pela segunda vez, encontrei o autocolante no vidro do meu carro (junto ao Arco do Cego)... e sinceramente não consigo perceber, com a largura deste passeio, e com o espaço que sobra para trás do meu carro, como é que estou a bloquear a passagem a "defecientes motores, idosos, pessoas com carrinhos de bebé ou compras"!
Aqui fica a foto (já com o autocolante retirado): http://j.imagehost.org/0779/20042010023.jpg
Por amor de Deus, existe ali espaço de sobra para passar um AUTOCARRO, e não existe espaço para os peões?
Colar um autocolante num carro que está a bloquear por completo, ou que de qualquer modo dificulta a passagem de peões é uma coisa, agora neste caso é simplesmente ridículo!
Estamos a infringir a lei? Tudo bem, isso cabe às autoridades decidir se estou ou não, nunca a vocês, que ao colarem um autocolante num carro por este estar ilegalmente estacionado, estão na mesma a infringir a lei, pois colocar qualquer tipo de papeis, autocolantes ou não é proibido!
Só tenho pena que quem colou este autocolante, no carro não esteja la entre as 14h e as 14:30h, pois se estivesse iria ter uma surpresa um pouco desagradavél...»
Comentário postado por um anónimo em «Encontrou um autocolante no vidro do seu automóvel?»

O Passeio Livre, tem por hábito não se imiscuir nas discussões estimuladas pelas contribuições que publica (contra ou a favor do movimento), porém parece que neste caso se deve abrir uma excepção:
1.º Quanto à colagem:
Concordamos que todas as situações de estacionamento em cima dos passeios e passadeiras, independentemente de ocuparem muito ou pouco espaço, merecem ser sancionadas pelas autoridades e, na falta delas, intervencionadas pelo comum cidadão;
Há muitas situações que, quer pela sua pouca gravidade, quer pela falta de entendimento dos automobilistas, não justificam a “insistência”.
2.º Quanto ao encontro:
O Passeio Livre opõe-se firmemente a este tipo de iniciativas! Recentemente promovemos um debate público sobre o assunto, bastante divulgado no blog e nos meios de comunicação social, e é nesse âmbito que se devem discutir estes assuntos;
Além de que, o colador não tinha interesse nenhum em lá aparecer, quer pelo chorrilho de ameaças que se foram postando aqui (de ambos os lados), quer pelo próprio texto inicial: «iria ter uma surpresa um pouco desagradável» (aliás o que se veio mesmo a demonstrar, pois segundo os relatos de um observador, apareceram 7 pessoas para falar "amenamente" com o colador, o que parece mais apropriado a um encontro de claques de futebol).
Nota: Há tempos, numa situação idêntica, combinou-se um encontro num local mais simpático: uma esquadra da PSP, desta feita foi o automobilista que não apareceu… enfim!
CONCLUINDO: Parece-nos que muita daquela “malta” percebeu e concorda com esta nossa iniciativa, pelo que se torna desnecessário insistir; quanto ao caso particular que motivou a reclamação, corre-se sempre o risco de voltar a acontecer naquela zona, visto ser uma zona de passagem muito utilizada por estudantes, docentes e funcionários ligados ao Técnico, sabendo nós que no IST há uma grande adesão ao movimento PL.

Com os desejos dos melhores entendimentos e de um caminhar para uma sociedade mais justa e menos egoista,
O Passeio Livre

248 comentários:

  1. Este senhor, para além dos erros ortográficos, não percebe a essência da coisa.
    Faz lembrar o idiota da escola de condução que não me quer ferir a suscetibilidade.
    Ó senhor, se é ilegal, não pode fazer. PONTO!!
    Até pode ter espaço para montar os stands da feira do livro!!
    CIVISMO!!

    ResponderEliminar
  2. ia bater na pessoa, se lá passasse entre as 14h e as 14h30m? lol Só eu tenho azar de não encontrar tipos destes....

    Talvez não saiba mas o carro estraga a calçada: http://dn.sapo.pt/inicio/portugal/interior.aspx?content_id=1523757&seccao=Sul

    E já agora, colar autocolantes no carro não é crime. Mas se tem dúvidas, chame a polícia mas não retire o carro do sítio!

    ResponderEliminar
  3. Não pode ser um bocadinho mais cedo? Tipo entre as 13 e as 14?

    ResponderEliminar
  4. Eu só não percebo porque é que essa «pessoa» não deixou o raio do carro estacionado na estrada paralelo ao passeio...

    ResponderEliminar
  5. Por isto é que este país não anda para a frente!
    Por alguma razão esse veículo estava estacionado nesse sítio, e também se vamos colar esses "legais" autocolantes que tal, colar também no veículo que estava ao lado na mesma posição! E já agora "senhores inteligentes" informem-se bem se podem colar estes autocolantes, não vá o azar apareçer e ainda se meterem numa situação complicada! E se querem ser polícias, façam o favor, mas não colem estes rídiculos autocolantes por serem uns frustados que não têm outra maneira de passar o tempo!

    ResponderEliminar
  6. Se calhar o colador não tinha mais autocolantes, ou pensa que os autocolantes são infinitos e ele tem uma fábrica em casa? Na realidade, o país não anda para à frente, por causa dos chicos espertos como o senhor que para não pagar estacionamento ou taxi ou outra coisa qualquer, pensa que é mais inteligente que os outros e estaciona assim em cima do passeio para caber no espaço disponivel entre os carros

    ResponderEliminar
  7. Simplesmente o senhor não é o juiz disso! Ou então porque não começarmos todos a fazer justiça pelas nossas próprias mãos?! Talvez depois então, se por acaso a pessoa que cola os autocolantes for apanhada pelo dono, de qualquer que seja veículo a efectuar esta transgressão, é capaz de ter então um certo "azar"! Mas tal como vocês têm a liberdade de efectuar a colagem desses autocolantes, também o dono do veículo terá para lidar com a situação á sua maneira!
    É uma resposta na mesma moeda, depois não se admirem com os resultados dessas acções!

    ResponderEliminar
  8. Eu proponho que o colador de autocolantes e o dono do carro se encontrem junto do mesmo numa altura em que esteja estacionado como está na foto e com um autocolante colado no vidro. Depois chamem a policia para ver quem é multado. Assim tiram-se todas as duvidas, a duvida sobre se colar autocolantes é proibido e a duvida sobre se estacionar metade do carro em cima de um passeio tão largo é permitido. Simples, não é? Se o dono do carro quiser fazer uso da força junto do colador de autocolantes, aconselho-o que o faça na presença da policia, para assim também tirar a duvida sobre se será aceitável responder de forma tão primitiva.

    ResponderEliminar
  9. Alguém me pode dizer onde é isso?
    tipo coordenadas GPS, ou morada!
    sff

    ResponderEliminar
  10. O senhor deve ter um certo atraso na compreensão, ou então só lhe interessa simplesmente o seu lado! Mais uma vez é por estas razões que este país não anda para a frente!
    Apesar de o veículo estar a efectuar uma transgressão, NÃO vos cabe a voçês, meros cidadãos! a tarefa de colar esse rídiculo autocolante numa propriedade que não é vossa! Se estão tão perturbados com a situação, o vosso dever é quanto muito, relatar ás autoridades, e não colar esses autocolantes... E já agora se o referido colador de autocolantes quiser apareçer no sitio onde colou este autocolante, apartir das 18h, poderá então ter uma frutuosa conversa com o respectivo dono do veículo de forma a debater as ideias de cada um!
    Mas o problema é que todos vós são muito grandes atrás do vosso blog, mas já á frente dos donos dos respectivos veículos, não se poderá dizer o mesmo! Cresçam e não sigam o mote "se eles fazem nós também podemos!" pois só contribuem para o descredito da vossa causa! Mais ainda!

    ResponderEliminar
  11. É aqui:

    http://maps.google.com/?ie=UTF8&hq=&hnear=Oeiras,+Lisboa,+Portugal&ll=38.735201,-9.143146&spn=0.001352,0.00284&t=h&z=19

    ResponderEliminar
  12. JC, um cidadão pode impor justiça se detectar uma situação errada na via pública. A situação é idêntica à captura de um ladrão por um civil, e ambos são infractores da lei, o que estaciona ilegalmente e o ladrão (sim, ambos estão errados perante a lei). A atitude relativamente ao estacionamento é a colagem de um autocolante para chamar a atenção da ilegalidade, e não é, repito, não é, ilegal perante a lei.
    Informe-se...

    ResponderEliminar
  13. JC,

    Vejo que lhe colaram um autocolante recentemente e por isso está nervoso, dispara para todos os lados, raivoso como todos os que passaram pelo mesmo.
    Diz que "NÃO vos cabe a voçês, meros cidadãos! a tarefa de colar esse rídiculo autocolante numa propriedade que não é vossa!". Para além de dar erros básicos de português, o que já de si é muito grave, a questão que levanta não tem nada que saber. É exactamente por sermos "meros cidadãos" que temos o direito de exigir que V.ª Ex.ª retire a SUA lata velha do NOSSO passeio.
    E não! Não chamamos autoridade nenhuma porque sabemos, tal como V.ª Ex.ª sabe e por isso é que sugere isso, que não aparecerá a tempo e horas de autuar, embora possamos experimentar, numa próxima ocasião.
    E escusa de acenar com ameaças de encontros violentos, pois tenho 1,88 m, 92 Kg e faço desporto todos os dias, logo, como deve calcular, é a última coisa com que me preocupo. Aliás, sugiro que marque hora e local e lá estarei. Aí ficará a saber quem realmente se "esconde atrás do blog".
    Um pouco mais de juizinho e bom senso, é o que se pede a V.ª Ex.ª. E que leia o Código da Estrada e aprenda a respeitar os seus concidadãos. Não pode exigir respeito, se não tem respeito pelos outros.
    Tenho pena, mas é por causa de gente como esta, que estaciona nos passeios, não paga impostos, não espera nas filas, não limpa os cocós dos cães, etc., que este país realmente "não anda para a frente". Triste gente...

    ResponderEliminar
  14. Caro companheiro, então em vez de continuar a perder o meu tempo a escrever aqui para revoltados frustrados, vou então combinar consigo hoje ainda ás 18h no dito parque, já que é tão grande assim, vamos debater então esta situação cara a cara! Já que pelos vistos só colam os autocolantes e se escondem logo a seguir! Se é um dos que dão a cara pelas acções, então logo discutimos abertamente no final da tarde. E já agora se todos os problemas deste país fossem os erros ortográficos, estavamos todos muito bem! (Também deve ser mais um dos que são a favor do acordo ortográfico...)

    ResponderEliminar
  15. E que tal criar um blog "estradas livres"?

    Cada vez que virmos um peão a atravessar uma estrada fora da passadeira, saímos do carro e colamos-lhe uma autocolante na testa! Também era boa ideia não era? E assim vamos começar a criar blogues por tudo e mais alguma coisa, e ficamos com um país recheado de autocolantes...

    O carro está realmente ilegalmente estacionado, mas será que está a prejudicar assim tanto os peões? Não me parece.

    Se o carro estivesse totalmente em cima do passeio (coisa que pessoalmente não faço, se assim for estaciono num parque), até aceitava que me colassem o autocolante, neste caso não aceito.

    Acho que tem de haver um mínimo de bom senso nestas situações, coisa que não vejo por aqui... Enfim.

    ResponderEliminar
  16. E pararem todos com ameaças e essas coisas???Acho muito estúpido isso...vamos resolver as coisas todas a bem....toda a gente sabe que o passeio é para os peões e que um carro em cima do passeio incomoda.......mas a vdd é q à pessoas que necessitam do carro pelas mais diversas razões.....e o bom senso ou melhor o mau senso mtas x, começa nas pessoas que ali estacionam o carro e não têm respeito por mais ng q ali queira estacionar o carro tb....a vdd é q estacionar em cima do passeio n é a melhor solução....ptt acho q a solução é tentar não estacionar em cima do passeio mas se por um motivo ou outro acontecer de qd em vez, sem grande estorvo os peões, tentarem perceber um pouco...lembrem-se qd vão à bola ou algum evento ou de outra situação qq onde transgridam....a maior parte das x as pessoas n fazem por mal

    ResponderEliminar
  17. JB e JC, por favor dêem-me todos os meses 5% do vosso ordenado. Afinal não vos deve prejudicar assim tanto. Vá lá.....
    Ou melhor ainda, deixem a porta da vossa casa aberta para eu escolher alguma coisita. Afinal é ilegal, mas não vos deve prejudicar. Pode ser?

    ResponderEliminar
  18. Anónimo das 11:13

    Sim, o carro apenas é estacionado assim, em ultima alternativa, e de maneira a tentar prejudicar o menos possível os peões. Como já disse, se prejudicar os peões não o faço.

    Neste caso em especifico, só vejo mesquinhice...

    Anónimo das 11:29

    E que tal ser você a dar-me 5% do seu ordenado, para que eu possa estacionar o carro no parque?

    A questão aqui não é se é ilegal ou não, que é ilegal todos o sabemos, mas tem de existir bom senso, neste caso não estou a prejudicar ninguém, pois existe bastante espaço por trás para passar quem quer que fosse.

    Ou vão-me dizer, que nunca atravessaram uma estrada fora da passadeira?

    ResponderEliminar
  19. "E já agora se todos os problemas deste país fossem os erros ortográficos, estavamos todos muito bem!"

    Pois não, muito grave são as pessoas que desrespeitam a lei (e ainda tentam arranjar desculpas para isso). E colar o autocolante não é punível por lei (mas apresente queixa se quiser), a PSP já o disse várias vezes (inclusive na televisão), e até já foram colados autocolantes em carros de forças policiais (está uma foto ali ao lado) e nenhuma dessas forças policiais se queixou...

    Mas muito mais grave são as pessoas que, independentemente de as coisas que fazem ser ou não ilegais, não têm respeito nenhum nem pelas outras pessoas nem pelo património público que é de todos nós. Mas isso já é uma questão de educação, e já deu para ver que isso é coisa que não abunda por esse lados.

    E se você a si tinha cuidadinho com as ameaças, não era certamente o primeiro a levar com um processo em tribunal por ameaças à integridade físicas feitas on-line.

    ResponderEliminar
  20. "Ou vão-me dizer, que nunca atravessaram uma estrada fora da passadeira?"

    Vou-lhe dar-me uma novidade (directamente saída do Código da Estrada, coisa que parece desconhecer): os peões só têm que atravessar na passadeira se não tiverem uma a menos de 50 metros, de resto podem atravessar em QUALQUER PONTO de uma via pública.

    ResponderEliminar
  21. "A questão aqui não é se é ilegal ou não, que é ilegal todos o sabemos, mas tem de existir bom senso, neste caso não estou a prejudicar ninguém, pois existe bastante espaço por trás para passar quem quer que fosse." Já se deu ao trabalho de observar um invisual a deslocar-se num passeio com obstáculos?

    "Ou vão-me dizer, que nunca atravessaram uma estrada fora da passadeira?" Se o peão atravessa fora e é atropelado, a responsabilidade é dele, e de certeza que o prejudicado será ele se for atropelado.

    O egocentrismo bloqueia o vosso raciocínio. É lamentável.

    ResponderEliminar
  22. "Já se deu ao trabalho de observar um invisual a deslocar-se num passeio com obstáculos?"

    Estas pessoas devem ser daqueles que acham que os deficientes não têm nada que sair à rua (já li um a dizer isso nos comentários do «A Nossa Terrinha»)

    ResponderEliminar
  23. Então mais ninguém neste blog desrespeita a lei, certo?! Provavelmente a maior parte destes comentários acima colocados, deve ser feito por individuos que até estacionarem os ditos veículos devem "quase" desrespeitar todas as leis do código da estrada, mas isso deixa de interessar pois o dito civismo só interessa quando não lhes toca!!

    ResponderEliminar
  24. "Então mais ninguém neste blog desrespeita a lei, certo?! "

    E pronto, voltaram os argumentos do tempo da escola (primária):

    Diz a mãe: "Joãozinho, porque é que fizeste isso?!"
    Responde o Joãozinho: "Porque o Pedrinho também fez o mesmo!"

    A isto sou eu que digo: "É simplesmente ridículo!"

    ResponderEliminar
  25. Anónimo das 11:52

    Sim tenho conhecimento, mas você, tal como eu já deve ter visto inúmeros peões a atravessar uma estrada fora da passadeira com uma 50m ao lado. Pela sua lógica, devíamos colar um autocolante nesses peões, certo?

    Anónimo das 11:54

    "Se o peão atravessa fora e é atropelado, a responsabilidade é dele, e de certeza que o prejudicado será ele se for atropelado."

    Exactamente, tal como eu posso ser multado por estar estacionado em cima do passeio, é responsabilidade minha e nao sua!

    ResponderEliminar
  26. "Pela sua lógica, devíamos colar um autocolante nesses peões, certo?"

    Força!

    ResponderEliminar
  27. Eu estava a referir-me a ser prejudicado fisicamente, atropelado, se entender melhor. Ao estacionar no passeio você está a prejudicar terceiros (como invisuais, ou fingiu não ler essa parte) e não apenas a sí.
    De qualquer forma a minha participação termina aqui, quando vejo que ambos não estamos ao mesmo nível civil.

    E JC, eu não desrespeito a lei, um conceito que deve ser estranho para si. Educação e civismo são duas palavras, que ao contrário de si, ainda fazem parte do meu dicionário.

    chauzinho

    ResponderEliminar
  28. Não consigo descobrir o tal «local» através do link...
    Alguém me pode dar a morada certa?

    ResponderEliminar
  29. É só para comunicar que eu costumo assinar as minhas postagens com as iniciais JC e não tenho nada que ver com esse energúmeno!

    ResponderEliminar
  30. JB, JC, e outros J's que aparecerem:

    Qual foi a parte do É PROÍBIDO ESTACIONAR NOS PASSEIOS que não perceberam? É preciso fazer-lhes um desenho ou são limitados intelectualmente? É que este debate pressupõe um certo nível cognitivo que não me parece que os meus caros possuam.

    ResponderEliminar
  31. Já me tinha lembrado do JC (The real one) e vi logo que não coincidiam, porque este que apareceu aqui hoje só diz alarvidades ;)

    ResponderEliminar
  32. À moda antiga,

    O local concreto é na Rua Duque D'Ávila, em frente à antiga estação dos eléctricos do Arco do Cego, por detrás das paragens dos autocarros.
    Hoje vou lá estar por volta das 18h, uma vez que surgiu um convite por parte de um tal "JC" para uma "tertúlia" acerca deste tema. Apareçam, porque vai ser interessante!

    ResponderEliminar
  33. Onde se lê "Rua", deve ler-se "Avenida".

    ResponderEliminar
  34. "Qual foi a parte do É PROÍBIDO ESTACIONAR NOS PASSEIOS que não perceberam?"

    Qual foi a parte do "COMPETE AS AUTORIDADES DECIDIR SE ESTOU OU NÃO MAL ESTACIONADO" que ainda não perceberam?

    ResponderEliminar
  35. JB,

    Não se responde a uma pergunta com outra pergunta. Responda com argumentos válidos.
    Para além disso, seguindo o seu raciocínio, posso já hoje matar alguém que depois isso é assunto para as autoridades. Não, não é. Matar alguém ou estacionar nos passeios, prejudica e mexe com a vida de terceiros, logo, o assunto não interessa só às autoridades.

    ResponderEliminar
  36. Eu hoje deixei o carro estacionado nesse parque. É um bmw 750Ld. Deixei um pouco da traseira em cima do passeio, se estiver a estorvar chamem o Sr.Polícia. Se eu encontro uma merda dum autocolante desses no BM e a janela ficar com cola eu quero saber quem me vai pagar uma janela nova. Aviso já que são 1490€ + IVA na BMW que está mesmo em frente a esse parque.
    E não me venham dizer que na CARGLASS são 900€ porque eu só vou aceitar um vidro de origem!

    Um bem haja.

    ResponderEliminar
  37. O JB 15 anos, deve ser daqueles que vê o vizinho bater na mulher e não faz nada porque isso "compete às autoridades".

    ResponderEliminar
  38. Oh Zé Seguro, meta as despesas na conta do seu camarada António Costa que permite que inergúmenos como o senhor estacionem dessa forma.

    ResponderEliminar
  39. Olhe Sr. Anónimo, o Costa não é meu camarada. Voto PSD. Segundo, não lhe admito o insulto por o meu carro estar ligeiramente em cima do passeio. Terceiro, não sabe com quem está a falar.

    E por último, espero bem que tenha todas as suas contas nas finanças regularizadas.

    ResponderEliminar
  40. Se acha que estou a prejudicar alguém ao estar mal estacionado, o seu dever é comunicar o caso as autoridades, nunca riscar, partir espelhos, colar autocolantes, etc, na viatura...

    Veja assim, se eu estiver bem estacionado, e se tiver um carro por trás a bloquear a minha saida, qual o meu dever? Colar um autocolante? Partir um vidro?

    A vossa lógica é, já que a policia nao faz nada vamos nós fazer...

    Colador, se vir o vizinho a bater na mulher, chamo as autoridades. É para isso que existem!

    ResponderEliminar
  41. "Terceiro, não sabe com quem está a falar."

    Ahahahahahahahahahahahaha! Muito boa essa piada.

    ResponderEliminar
  42. Então convido o Sr. Anónimo a olhar para um edifício estatal, de tom escuro, que se encontra de canto (do outro lado do cruzamento) perto desse parque.

    Um bem haja

    ResponderEliminar
  43. 18h é um bocado apertado para mim, mas vou tentar lá estar.
    Levo autocolantes e algo mais... uma pequena surpresa!

    ResponderEliminar
  44. Não seja ridículo, sr. Seguro! Comporte-se como um homem a sério.

    ResponderEliminar
  45. ai que medo que tenho do senhor "à maneira antiga". ai ai aiii

    ResponderEliminar
  46. Oh Zé, estou a olhar para o edifício e só vejo uma velhota a limpar o pó. É você?

    ResponderEliminar
  47. Ao José Seguro, maior insulto do que chamá-lo de energumeno é achar-se no direito de estacionar o seu chasso em cima do passeio. Já para não falar na falta de inteligência que o leva a dizer que, no caso de alguém colar um autocolante na janela, terá que meter uma nova. É de rir a sua imbecilidade e se acha que mete medo por dizer que trabalha no edificio estatal de tom escuro, pois eu digo-lhe que trabalho num edificio estatal também, onde nas traseiras temos reboques e bloqueadores os quais poderão ser usados para tirar o seu chasso do passeio, caso não o faça por iniciativa própria.

    ResponderEliminar
  48. Afinal o zézé é o do chaço alemão (BMW) ou o do carro de menina?
    Ou o gajo está a querer dár à morte o carro do chefe?

    ResponderEliminar
  49. Esse senhor zé seguro é tão mau, que para parecer ainda mais mau tem que dizer onde trabalha que é para ver se faz medo a alguém. Chame o exército à vontadinha....

    ResponderEliminar
  50. Se o zézé é funcionário da DGI, e está a querer usar essa condição para intimidar, não será que tal se consubstancia na prática de um qualquer tipo de crime, ou pelo menos infracção disciplinar?

    ResponderEliminar
  51. Eish pagar um vidro novo por um autocolante! Quando um pássaro cagar no tejadilho do carro também vai à BMW substituir o tejadilho?

    Ou quando dá um pum no banco, arranca o banco e coloca um novo?

    ResponderEliminar
  52. José Seguro, se vir alguém a colar um autocolante chame a polícia e veja quem é multado...

    ResponderEliminar
  53. "Quando um pássaro cagar no tejadilho do carro também vai à BMW substituir o tejadilho?" - O pássaro, que eu saiba, ainda não passa cheques, porque se passasse pode crer que pagava uma limpeza profunda ao tejadilho (os tejadilhos dos carros não se substituiem). Mas se por acaso o Sr. Anónimo cagar no tejadilho do meu carro pode ter a certeza que vai pagar caro a limpeza.

    Se for eu a dar o pum estou a da-lo na minha propriedade, se for o Sr. Anónimo é bem capaz de pagar um estofamento em alcantara novo do banco (na BMW).

    O edifício não é do exército. Um dos anónimos andou lá perto...

    ResponderEliminar
  54. responde ao anónimo que diz que trabalha num edifício "onde nas traseiras temos reboques e bloqueadores" : Eu vi logo que isto estava cheio de frustaditos da EMEL, SPARCK e afins... Fonix voces bloqueiam carros e a vida das pessoas o dia todo e depois nas horas vagas ainda arranjam uma merda duns autocolantezitos para ir colar nos carros... GET A LIFE!

    ResponderEliminar
  55. Isto realmente a Internet atrai os cromos todos... parece que tem mel.

    Cá para mim este José Seguro deixou foi o seu Renault 5 estacionado à beira do passeio (porque já não o consegue subir e veio para aqui armar-se aos cucos...)

    ResponderEliminar
  56. "Fonix voces bloqueiam carros e a vida das pessoas o dia todo "

    Sabe que se os carros não estivessem mal estacionados (e por isso a bloquear a vida de outras pessoas) não era bloqueados, não sabe?!

    ResponderEliminar
  57. "Sabe que se os carros não estivessem mal estacionados (e por isso a bloquear a vida de outras pessoas) não era bloqueados, não sabe?!"

    Se existisse estacionamento para todos na cidade de Lisboa, talvez não houvesse carros mal estacionados. Ou você pensa que temos gosto em deixar os carros mal estacionados, para depois serem bloqueados?

    ResponderEliminar
  58. "Se existisse estacionamento para todos na cidade de Lisboa,"

    Não deve estar a falar da mesma cidade do que eu certamente. A Lisboa que eu conheço tem parques de estacionamento em que metade dos pisos são abertos uma ou duas vezes por mês porque ninguém os usa.
    Veja lá que existe um senhor (ver o blogue «O Carmo e a Trindade») que oferece 50€ a quem lhe mostrar um parque lisboeta quase cheio e nunca ninguém reclamou o dinheiro

    ResponderEliminar
  59. Estacionamento PAGO!!!!!!! A PREÇOS ESCANDALOSOS!

    1,80€ à hora??? cai-se no ridículo!

    ResponderEliminar
  60. Mas vai haver reunião hoje ou nãO?

    ResponderEliminar
  61. Você sabe quanto se paga por mês para estacionar num parque? Não deve saber de certeza, ou então deve ter um ordenado chorudo, e não lhe faz diferença...

    Se neste caso existe espaço de sobra para passar seje o que for por trás porquê esta embirração toda? Sinceramente...

    ResponderEliminar
  62. Oh zézé caramelo, o que o anónimo disse é que existe uma Inspecção-Geral que funciona para fiscalizar o cumprimento dos deveres deontológicos dos funcionarios do MF, por isso põe-te a páu e vai maZé trabalhar!

    ResponderEliminar
  63. Ai queria estacionamento de graça para as centenas de milhar de carros que entram todos os dias em Lisboa?!
    Também está bem, é como a autarquia nem deve 500 milhões de euros nem nada, de certeza que sobram uns milhões para isso.

    Escusava era de ter vindo com essa conversa de desgraçadinho de que não há lugares, e ter dito logo o que queria era um lugar de graça (de preferência onde não apanhe nem sol nem chuva) a menos de quê?! 10 metros do lugar onde quer ir?! ou acha muito?! Se calhar devia era haver um arrumador de carros privativo para cada lisboeta, ele ia no lugar do morto, uma pessoa chegava ao destino, ficava lá e ele ia estacionar o carro. Tudo pago pela Câmara claro está.

    ResponderEliminar
  64. Não tem dinheiro, não tem vícios... Compre o passe!
    MAS ESTA GENTE EXISTE MESMO?

    ResponderEliminar
  65. "Você sabe quanto se paga por mês para estacionar num parque?"

    E o que é que as outras pessoas têm a ver com isso?! Ou quando não tem dinheiro para a gasolina também a vai roubar?! É que estacionar em cima dos passeios é exactamente isso: roubar espaço público que é de todos para usufruto privado.

    Se não consegue estacionar o carro legalmente (porque não pode pagar ou porque não há lugar) tem bom remédio: vá para um sítio onde consiga.

    ResponderEliminar
  66. Huuuu! que preços escandalosos! vamos lá ver se dizem isso quando dão 25 euros por mês para a SportTV.

    Tirado de outro blog:
    "O facto de possuir um carro não lhe confere o direito a estacionamento, assim como comprar um barco não lhe dá o direito a um lugar num porto, ou como comprar um avião não lhe dá o direito a um lugar num aeroporto. Os 20% que paga de IVA quando o compra provam que não é um bem de primeira necessidade e por isso não está abrangido por absolutamente nenhum privilégio definido na Constituição da República".

    ResponderEliminar
  67. Estou a adorar o senhor do "BM" dos anos 90 armado em cagão com o seu vidro cheio de cola...muito bom. Mais vale não retirar o autocolante, assim lembra-se sempre que o cego que caiu no chão, caiu porque o "BM" só estava um bocadinho em cima do passeio.
    Gostei muito do matulas que quer dar porrada porque o carro de menina, não está a incomodar ninguém e até passa um autocarro em cima do passeio. E adorei a menina que se aborrece porque tem sempre o carro com multas, porque gosta de vir para o trabalho a ouvir a Mega em vez de vir de metro ou de autocarro!
    Cambada de saloios! Que merda de País este que nos saiu na rifa depois do 25 de Abril!
    O Cagão, o saloio e a mimada!!

    ResponderEliminar
  68. Não quero estacionamento de graça... se o unico lugar que houver, bloquear a passagem de peões, prefiro pagar o parque. Mas neste caso, acho que existe espaço suficiente atrás para os peões poderem circular! Não consegue perceber a diferença?

    ResponderEliminar
  69. Eu tb quero SportTV! Exijo o canal de borla! Afinal são 25 euros por mês.
    Televisão PAGA!!!!!!! A PREÇOS ESCANDALOSOS! :)

    ResponderEliminar
  70. O zeca diabo é que sabe!

    ResponderEliminar
  71. "Mas neste caso, acho que existe espaço suficiente atrás para os peões poderem circular! Não consegue perceber a diferença?" Não, porque vossemecê não é invisual. Experimente fechar os seus olhinhos e andar 20 metros num passeio de Lisboa.
    Capich?

    ResponderEliminar
  72. Já que estamos numa de exigir coisas, eu preferia mil vezes mais do que me dessem uns 50 litros de gasóleo por mês do que me ofereçam estacionamento, porque eu estacionamento raramente pago (quer dizer pago o IMI relativo à minha garagem - coisas que muito que exigem estacionamento de graça se esquecem: os «tansos» que compraram uma garagem, tiveram que a comprar e ainda pagam um imposto anual por a terem comprado. E ainda há gente com lata de dizer que para os outros que tiveram dinheiro para o carro mas foram somíticos quando chegou a altura de comprar um lugar para o estacionar a Câmara tem que oferecer lugar), e sem gasóleo o carro não anda.

    Ou se não puder ser o pagamento em gasóleo, então exijo manutenção, porque se o Estado me obriga a ter o carro em condições para poder passar na Inspecção Periódica Obrigatória, então por esta lógica também posso exigir que me pague a manutenção necessária para passar na inspecção.

    ResponderEliminar
  73. "Mas neste caso, acho que existe espaço suficiente atrás para os peões poderem circular! Não consegue perceber a diferença?"

    Mas quem raio é você para achar que tem direito de decidir o que é que as pessoas podem usufruir da cidade ou não?! Alguém o nomeou «Imperador Supremo de Lisboa» e ninguém reparou?!

    ResponderEliminar
  74. Porra o passei tem alguns 7metros ! Passavam ali 10 ceguinhos em fila!

    e se estes senhores dos TÓCLANTES vissem a bocado os carros , carrinhas e camiões da empresa de jardinagem estacionados em cima da calçada portuguesa até se passavaM!

    Vá apareceçam lá as 18h00 que agente conversa! Não percebem que estamos a ser roubados todos os dias plelo estado para este gastar em ordenados de gestores e premios multimilionários??!!!!

    cambada!

    ResponderEliminar
  75. epa, tanta parra e pouca uva... esta iniciativa do autocolante é de louvar e força com ela, mas ler estes comentários das pessoas q os colam...

    Dá a sensação q são todos respeitadores da moral e dos bons costumes, ou como diz a "joana" " frustradinhos da emel e afins que recebem á comissão para multar pessoas que só por si deveriam ter direito a estacionamento livre (em local próprio) ao terem os seus impostos em dia.

    Nesta sociedade em que ter um carro é como ter um filho, em que se tem q pagar selo, imposto, inspecção e sei lá q mais... e para estacionar tem q se pagar 1€ ao arrumador e o preço hora à emel..

    eu escolho andar a pé, ou de transportes, mas compreendo perfeitamente q naquele local e na falta de outra alternativa tb teria colocado uma roda em cima do passeio.

    ResponderEliminar
  76. O BM não é dos anos 90. É de 2008 e está quase pago, ao contrário das vossas bicicletas e sapatos que ainda estao na 2ªprestação!

    Pensam que estou a brincar... Que a merda do autocolante lá apareça no vidro que vão ver!

    ResponderEliminar
  77. Que mau... já estou a tremer.
    Só tenho pena de os meus autocolantes já terem acabado, senão na hora do lanche apanhava um táxi e ia lá colar-lhe um autocolante para ver o que acontecia.

    ResponderEliminar
  78. O gajo que anda a pé tem razao. O zé seguro também... e talvez qdo acabe de pagar o bm passe a andar so de transporte pq isto é td uma chullage

    ResponderEliminar
  79. Ó José Seguro, gastou tanto dinheiro num carro (já agora, que mau gosto! Tanto carro bonito e compra-me um tanque mal parido como esse?!) e não tem uns euros para o estacionar?! Que sovinice.

    ResponderEliminar
  80. "Mas quem raio é você para achar que tem direito de decidir o que é que as pessoas podem usufruir da cidade ou não?! Alguém o nomeou «Imperador Supremo de Lisboa» e ninguém reparou?!"

    Esta é para rir, só pode. E quem são vocês para decidirem que os automóveis estão mal estacionados, e desatarem a colar autocolantes nos automóveis? Para que é que existe a Policia?

    ResponderEliminar
  81. Vão mas é trabalhar malandros! vai-se a ver estes gajos dos autocolantes vivem à custa de quem trabalha (sao subsidiados) e tem de deixar o carro mal estacionado para meter comida na boca dos filhos! Bandidagem, vao mas é trabalhar!

    ResponderEliminar
  82. Cambada de meninos de coro! Um pobre ja nao pode andar de carro ... invejosos ... nem a carta de conduçao devem ter!

    ResponderEliminar
  83. O JC, JB , o gajo que anda a pé, o zé seguro, a Joana e mais uns quantos anónimos, SÃO TODOS O MESMO GAJO!
    Como sei? Simples: os erros ortográficos são sempre os mesmos!
    Continua a por lá a merda do twingo e vais ver se me fico pelo autocolante!

    ResponderEliminar
  84. Adoro as respostas do povão. Revela a educação (que não tiveram) e a falta de argumentos (por falta de cultura e civismo) relativamente a este assunto. Vocês são o orgulho de Portugal e a razão porque somos considerados o lixo da Europa. Obrigado povo ignorante.

    ResponderEliminar
  85. Claro que os Jotas e os Zés são todos o mesmo gajo. Já tinha percebido há séculos. E mais: passei há cerca de 1 hora e meia pelo local com autocolantes na mão e não vi nem um em cima do passeio. Porque será? Às 18 horas estou lá outra vez. Sempre quero ver...

    ResponderEliminar
  86. Ao anónimo das 15:52 aparece às seis horas !

    ResponderEliminar
  87. "Continua a por lá a merda do twingo e vais ver se me fico pelo autocolante!"

    Caro amigo, não se esconda atrás do blog apareça lá também, para resolver essa situação!

    Ou só é "homemzinho" atrás do computador?

    É que o seu problema não é com esse veículo, mas sim com a pessoa que o conduz!

    ResponderEliminar
  88. Peço desculpas pela conivência dos meus erros ortográficos com os demais...

    Pode dar-se o facto de, por ter estudado numa escola publica ter sido mal "educado", não tive uns "trocos" para dar aos privados e agora queixo-me ;)

    De qualquer forma acho que esta discussão não merece qualquer retorno, os senhores dos autocolantes têm razão.

    Por outro lado o gajo do carro está irritado porque calhou-lhe a ele enquanto há situações mto mais graves que passam impunes.

    e o resto é treta.

    Vale por ser divertido :)

    ResponderEliminar
  89. Está a chegar a hora... :)

    ResponderEliminar
  90. Já só falta 30 minutos! Depois metam aqui as fotos! :-D

    ResponderEliminar
  91. Eu também fui educado numa escola pública... Se calhar é esse o problema, daí dar-mos os mesmos erros e ter-mos os carros em nome de empresas de leasing... ai voce anda a pé, desculpe!

    ResponderEliminar
  92. "E quem são vocês para decidirem que os automóveis estão mal estacionados, e desatarem a colar autocolantes nos automóveis?"

    A diferença é que colar um autocolante é legal (a PSP já o disse), e estacionar o carro em cima do passeio não é (a não ser que haja autorização expressa para isso).
    Percebe, ou é demais para essa sua cabecinha obcecada pelo seu carro?!

    ResponderEliminar
  93. "ter-mos os carros em nome de empresas de leasing"

    Tanta treta em tem o carro a leasing...

    ResponderEliminar
  94. Há aqui gente que se queixa que os coladores de autocolantes não se identificam, pois eu identifico-me, moro na Rua Tratado de Tordesilhas em Setúbal onde todos os dias uma imbecil teima em estacionar o seu FIAT Punto azul em cima do passeio em frente à entrada do prédio nº.4, mesmo havendo muitos lugares de estacionamento vagos a toda a hora nesta rua e nas traseiras também. Mas esta energumena só tem olhos para o passeio e sempre que chega a casa é onde mete o seu carro. Nesta rua mora um deficiente motor que anda de cadeira de rodas e já vi o mesmo a ter que se fazer à estrada porque no passeio está o dito Punto azul. Há duas noites atrás colei-lhe um autocolante, a senhora lá deu uso às unhas e o arrancou. Hoje, à cerca de 15 minutos atrás, eis que ela chega a casa e volta a estacionar o carro em cima do passeio. Eu ia a passar e voltei a colar mais um autocolante. Ainda estavam restos do outro no vidro e eu colei o novo autocolante ao lado. Vamos ver quem se cansa primeiro, eu a colar ou esta aventesma a arrancar a cola das unhas.

    ResponderEliminar
  95. O último anonimo revelou bem o que sao estes coladores de autocolantes...

    ResponderEliminar
  96. Ao anónimo das 17:39,

    Nesse caso, e em outros semelhantes, concordo plenamente em colar um autocolante, mas caramba, olhem bem para a foto e digam-me se um deficiente motor, nao consegue passar ali?

    Existem os que estacionam em cima do passeio e prejudicam os outros, e os que estacionam em cima do passeio mas de maneira que nao prejudique os outros.

    Há que saber olhar para o carro estacionado e ver se realmente está a incomodar ou não.

    ResponderEliminar
  97. Cumpre só alertar que aquele suposto «enorme» passseio é uma saida do metro; que a «enorme» besta não tem necessidade nenhuma de ir de carro pró trabalho, como atrapalha quem sai do metro.

    ResponderEliminar
  98. Bem então é assim:
    Fui ao local às 18h00.
    Cumpre dizer que não estava nenhum carro em cima do passeio, por sua vez estava um pequeno aglomerado de pessoas no local: um casal de estivadores e 5 putos imberbes (Joana: não tens orgulho nenhum em ser mulher?).
    Cumpre ainda referir que todos tinham um ar extremamente culto (tipo novas oportunidades) e que o dono do twingo é uma versão definhada do «Fido da 7Up».
    Visto isto, há que tirar daqui duas lições:
    1.ª Não há interesse nenhum em dialogar com esta gente;
    2.ª O autocolante funciona mesmo!

    ResponderEliminar
  99. Confirmo o que a Patrícia disse. Lembro-me de ver alguns putos na crise das borbulhas, uma rapariga que ali ficou uns 2 minutos, mas que rapidamente percebi não ser a Joaninha, porque depois apanhou o autocarro e isso é para os pobres, porque o que ela quer é andar de cu tremido. De resto, subscrevo inteiramente as conclusões da Patrícia.

    ResponderEliminar
  100. Mais uma vez os corajosos cavaleiros das latas andantes, cuja cabecinha oca acha que está cheia de razão não apareceram.

    ResponderEliminar
  101. meu ganda palhaço borbulhas tens tu k nem kolhoes tens para la ir ter konosco....ficaste k medinho a ver ao longe!!tu é k es a desonra deste país falas falas mas nao fazes nd!!

    ResponderEliminar
  102. Eras mesmo tu que investias contra 6 gajos e uma padeira de Aljubarrota... PALHAÇO!
    Eu digo-te como vai ser fidozinho: Das 09h00 às 18H00 não vais ter sossego, pois vais estar sempre a pensar quando é que eu vou passar pela tua lata com uma bela surpresa!

    ResponderEliminar
  103. "Ainda estavam restos do outro no vidro e eu colei o novo autocolante ao lado. Vamos ver quem se cansa primeiro, eu a colar ou esta aventesma a arrancar a cola das unhas." Faz como eu. Liga para a PSP e diz-lhe que a pessoa que estaciona o carro lá chamou-os de frouxos e que não fazem nenhum. Comigo resultou.

    ResponderEliminar
  104. "O BM não é dos anos 90. É de 2008 e está quase pago" E que mais faz você na vida para além de sustentar esse vício? Viaja? Conhece quantos países? Ou o dinheiro não dá? Só por curiosidade...

    ResponderEliminar
  105. "Eras mesmo tu que investias contra 6 gajos e uma padeira de Aljubarrota... PALHAÇO!
    Eu digo-te como vai ser fidozinho: Das 09h00 às 18H00 não vais ter sossego, pois vais estar sempre a pensar quando é que eu vou passar pela tua lata com uma bela surpresa!"

    Porquê? Se fosse só uma pessoa investia? Ia bater na pessoa em questão? Sabe que isso é ilegal?

    Está com ideias de danificar o veículo em questão? Novamente sabe que isso é ilegal?

    Para quem diz cumprir a lei, vejo aqui muitas irregularidades... ;)

    ResponderEliminar
  106. "meu ganda palhaço borbulhas tens tu k nem kolhoes tens para la ir ter konosco....ficaste k medinho a ver ao longe!!tu é k es a desonra deste país falas falas mas nao fazes nd!!"

    Isto agora é um jardim infantil? Mas que atrasado mental é este?

    ResponderEliminar
  107. um gajo com mais 5 amantes, a chamar cobarde ao colador que foi sozinho! AHAHAHAHAHAHAHAHA
    Se fosse 100 gajos para 1 colador, se calhar o colador já não seria cobarde! AHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAH HAHAHAHAHAHAHhahahahahahahahahahahahah LMAO
    ahaahahahahaha ahahaha ahahahahahah ahahaha hahaha ahaahahahahaha ahahaha ahahahahahah ahahaha hahahaahaahahahahaha ahahaha ahahahahahah ahahaha hahaha
    totózito

    ResponderEliminar
  108. Patrícia enfim! certos comentários (ou todos mesmo!) da sua boca nem mereçem respeito! Não a desrespeitei, mas quando existe falta de argumentos a reacção é como a sua! Simplesmente parva! Também deve ter algum trauma com o dito "«Fido da 7Up»" talvez a sua mãe a tenha obrigado a beber tanta 7'up quando era pequena que ficou enjoada e a dizer disparates sem fim! Depois se está tão indignada com a situação porque não se dirigiu ao grupo e relatou as suas críticas?!! Talvez a expressão "quem tem cú, tem medo!" se aplique muito bem a si, tal como aos seus colegas. Já agora para si Filipe e novamente Patrícia, se por acaso têm assim tanta idade, pensem bem que o país está neste estado também por vossa culpa! Nós (supostos putos! Talvez as aparências enganem!...) só crescemos a viver nas asneiras por vocês feitas no passado e a lidar com elas diariamente, não se admirem agora dos resultados! E se estão tão transtornados com o acto, e agora que já sabem quem sou, porque não aparecerem em qualquer dia lá no dito parque para termos uma discussão sobre o assunto, terei todo o gosto, pois vindo de "cidadãos exemplares" (ah ah ah! perdoem-me mas não me contive...) deverá ser uma conversa extremamente construtiva. Ao dito colador, pelo visto as suas convicções não são muito fortes pois nem se dignou a aparecer para discutir a dita colagem visto que deveria ser a primeira pessoa a aparecer, mas escrever aqui no blog a dizer que faz e que acontece pelo visto é o prato do dia... E por fim se os ditos autocolantes são pagos por vocês, e estão assim tão caros para não colarem em dois carros seguidos! que tal então usarem-nos em situações realmente úteis, pois aquela caí simplesmente no ridículo... Tal como o dito colador estar a colar o autocolante pela segunda vez no mesmo veículo, estando outros na mesma posição sem nenhum autocolante! Ninguém é perfeito, e também nem toda a gente tem ordenados altos para pagar um parque de estacionamento todos os dias ao preço a que eles estão, e também nem todos têm facilidade nos ACESSOS aos transportes públicos, por isso em vez de escrevem asneiras ENORMES, e se envergonharem a vocês mesmos, pensem duas ou três ou mais vezes no que vão escrever antes de ofender qualquer pessoa!
    Vou continuar a fazer o mesmo, sempre que, e em último caso a isso seja obrigado, (pois mesmo não sendo a favor, no caso em questão não vejo o enorme incómodo que dizem existir, e não me falem dos invisuais pois tenho um na família que também concorda comigo!) pois infelizmente, ao contrário dos cidadãos exemplares que existem neste blog, não recebo um ordenado milionário...

    ResponderEliminar
  109. JC, não minta mais. Eu estive lá 20 min. e não vi ninguém. Você nunca lá esteve e ponto final. Recuso-me a acreditar que você era uma daquelas crianças. Não vai haver 2ª data para uma conversa, porque não tenho a sua vida. Mas de uma coisa pode ter a certeza: sempre que o Twingo lá estiver em cima do passeio e eu estiver munido de autocolantes, pode contar com uma colagem até aprender a respeitar os outros. Passe bem e cresça.

    ResponderEliminar
  110. "Ninguém é perfeito, e também nem toda a gente tem ordenados altos para pagar um parque de estacionamento todos os dias ao preço a que eles estão, e também nem todos têm facilidade nos ACESSOS aos transportes públicos" - Como não têm dinheiro, para isso tudo, como se nós os peões fossemos todos ricos, então acham que têm o direito de estacionar em cima do passeio...

    ResponderEliminar
  111. Então os peões não são todos ricos?! Se não fossem ricos, não andavam a passear na rua, estariam dentro de um carro enfiados no trânsito como toda a gente séria deste país!

    ResponderEliminar
  112. O que isto dá para rir....! lol

    Entao os corajosos coladores nao foram falar com a malta.. opah.. Entao eram miudos por isso nao foram.. estavam à espera de velhos era?

    Entao se encontrassem o tal sr. do BMW já iam falar com ele?

    TIveram medo? mas aquilo ia ser alguma batalha?

    ResponderEliminar
  113. Aqui se vê o que estes "Pseudo-Polícias" realmente são... uns cobardes de 1ª!

    Colam autocolantes nos vidros dos carros quando os proprietários não lá estão, ameaçam os condutores de que danificam o carro, marcam horas, e depois como são "putos na crise da borbulha", inventam que não lá estiveram?

    Não são vocês pessoas civilizadas ao ponto de nunca terem infringido a lei, seja no que for? Tiveram medo, ou não sabem conversar com "putos" como pessoas civilizadas, como dizem ser e queriam partir logo para a violência?

    PS: Sr. Filipe Gomes por acaso não era o da moto Kawasaki? Só por curiosidade... ;)

    ResponderEliminar
  114. "Faz como eu. Liga para a PSP e diz-lhe que a pessoa que estaciona o carro lá chamou-os de frouxos e que não fazem nenhum. Comigo resultou."

    Obrigado pela dica, ainda não tinha tentado essa!

    ResponderEliminar
  115. Eu não colaria naquela situação específica, mas estacionar no passeio não é correcto, por isso não critico quem colou. Esta conversa atingiu proporções ridículas de todas as partes. Concordo que me colem um autocolante na testa sempre que atravessar fora da passadeira, pode ser que me surpreenda com a quantidade de vezes que o faço e corrija o meu comportamento. Também é verdade que o faço, porque muitas vezes os carros não param quando está um peão na passadeira.
    Vou continuar a andar munida de autocolantes, colá-los-ei indiscriminadamente sempre que um automóvel obstruir a passagem, faço-o porque não tenho tempo para lá ficar, chamar a polícia e fazer queixa. E porque acredito que a maior parte das pessoas fica sensibilizada para a questão e corrige o seu comportamento. Se algum dia me baterem por fazê-lo chamarei a polícia e apresentarei queixa (mesmo que esteja com pressa e sem tempo), porque acho uma reacção exagerada.

    Alguém discorda do que aqui escrevi?

    ResponderEliminar
  116. Ana Brütt, finalmente alguém com um mínimo de bom-senso neste blog!

    Se repararem bem nos meus comentários, eu nunca discordei com o colar o autocolante. Apenas acho que neste caso em especifico, foi uma embirração de quem colou o autocolante. Quantos e quantos de nós, como peões, já não andamos na estrada, quando temos o passeio ao lado vazio, ou com a passadeira a 2 metros ao lado?

    E volto a frisar, nunca, mas nunca irei estacionar o meu automóvel, de modo a prejudicar os peões, prefiro estacionar no parque e pagar, se assim for preciso. Agora se vir, que posso estacionar 1m em cima de um passeio com 15m, e NÃO prejudicar os peões, acreditem que continuarei a fazer isso, podem colar os autocolantes que forem precisos.

    Infelizmente não tenho um ordenado chorudo, para poder pagar a mensalidade do parque que são a volta de 120€, se tivesse acreditem que o faria!

    Irra, existe ali espaço para passarem 50 invisuais, sem esbarrarem no carro... se esbarrarem, também podem muito bem cair pelas escadas do metro abaixo, mas nisso já ninguém repara, e todos se preocupam com os invisuais!

    Guardem o vosso autocolante para quem realmente está a prejudicar os peões! Ou para outras situações bem mais preocupantes do que este caso...

    ResponderEliminar
  117. Já agora, tb entro na conversa:
    Eu tb colaria naquela situação, não porque o carro esteja assim a prejudicar tanto, mas por causas dos maus hábitos.
    É preciso educar as massas (chamando a atenção para o problema).
    Por acaso conheço bem aquela zona; é uma confusão de estacionamento e ainda para mais excelentemente servida de transportes públicos.
    As pessoas têm que perceber, se não há lugares, não podem ir de carro!
    Abraço

    ResponderEliminar
  118. Não, sr. JB, nem sequer tenho moto. Eu fiquei no cruzamento da Duque d'Ávila com a Defensor de Chaves. Não sei se era aí, mas mais uma vez repito: não esteve lá ninguém. Agora deixe-me que lhe pergunte também: qual o motivo de serem 6? Não tinhamos combinado que era só com o infractor? Estou a ver que estava com medo que acontecesse alguma coisa e então levou logo um batalhão. Não, meu caro, eu sou uma pessoa civilizada, ao contrário de si que estaciona em cima dos passeios, por isso jamais iria partir para a violência. Mas pode ser que nos encontremos qualquer dia e é o mais provável, uma vez que já disse que ia continuar a estacionar ali. Pois eu também vou continuar a colar. Passe bem.

    ResponderEliminar
  119. O Passeio Livre, tem por habito não se imiscuir nas discussões estimuladas pelas contribuições que publica (contra ou a favor do movimento), porém parece que neste caso se deve abrir uma excepção:

    1.º Quanto à colagem:
    Concordamos que todas as situações de estacionamento em cima dos passeios e passadeiras, independentemente de ocuparem muito ou pouco espaço, merecem ser sancionadas pelas autoridades e, na falta delas, intervencionadas pelo comum cidadão;
    Há muitas situações que, quer pela sua pouca gravidade, quer pela falta de entendimento dos automobilistas, não justificam a “insistência”.

    2.º Quanto ao encontro:
    O Passeio Livre opõe-se firmemente a este tipo de iniciativas! Recentemente promovemos um debate público sobre o assunto, bastante divulgado no blog e nos meios de comunicação social, e é nesse âmbito que se devem discutir estes assuntos;
    Além de que, o colador não tinha interesse nenhum em lá aparecer, quer pelo chorrilho de ameaças que se foram postando aqui (de ambos os lados), quer pelo próprio texto inicial: «iria ter uma surpresa um pouco desagradável» (aliás o que se veio mesmo a demonstrar, pois segundo os relatos de um observador, apareceram 7 pessoas para falar "amenamente" com o colador, o que parece mais apropriado a um encontro de claques de futebol).

    Nota: Há tempos, numa situação idêntica, combinou-se um encontro num local mais simpático: uma esquadra da PSP, desta feita foi o automobilista que não apareceu… enfim!

    CONCLUINDO: Parece-me que muita daquela “malta” percebeu e concorda com esta nossa iniciativa, pelo que se torna desnecessário insistir; quanto ao caso particular que motivou a reclamação, corre-se sempre o risco de voltar a acontecer naquela zona, visto ser uma zona de passagem muito utilizada por estudantes, docentes e funcionários ligados ao Técnico, sabendo nós que no IST há uma grande adesão ao movimento PL.

    Com os desejos dos melhores entendimentos e de um caminhar para uma sociedade mais justa e menos egoista,
    Boas colagens

    ResponderEliminar
  120. O dono do twingo teve um acidente esta manhã, juntamente com as outras 3 pessoas que partilhavam a viatura para economizar custos.

    " Educar as massas " - O único comentário que posso fazer é o seguinte; és triste e um símbolo das apologias do nada que se vivem hoje.

    ResponderEliminar
  121. Conseguiram o que queriam?

    Palhaços!

    ResponderEliminar
  122. Acham mesmo que alguém aqui queria que as pessoas tivessem um acidente? realmente... isso sim é fundamentalismo.

    ResponderEliminar
  123. Dizer que as pessoas que coloram o autocolante queriam que o dono do veículo tivesse um acidente (se é verdade, espero que não tinha havido danos pessoais para ninguém) tem tanta lógica como dizer que as pessoas que estacionam em cima do passeio desejam querem que alguém tenha um acidente por não poder circular convenientemente no passeio.

    ResponderEliminar
  124. O carro está neste momento no mecanico a ser investigado dado que teve uma falha nos travoes!

    ResponderEliminar
  125. Ya ya... e o dono do twingo comentou ainda há pouco ali em cima como? por banda larga das urgências?

    ResponderEliminar
  126. O carro deveria estar era num ferro-velho para abate... comprem o passe "para economizar custos", cambada de labregos!

    ResponderEliminar
  127. "Dizer que as pessoas que coloram o autocolante queriam que o dono do veículo tivesse um acidente (se é verdade, espero que não tinha havido danos pessoais para ninguém) tem tanta lógica como dizer que as pessoas que estacionam em cima do passeio desejam querem que alguém tenha um acidente por não poder circular convenientemente no passeio."
    É exactamente a mesma coisa, não haja dúvida... Depois de eu ouvir coisas como "passe por cima" ou "não me chateie", é exactamente a mesma coisa.
    Santa ignorância...

    ResponderEliminar
  128. AAA (tenho + um A que o vizinho)22 de abril de 2010 às 14:32

    "e sinceramente não consigo perceber, com a largura deste passeio, e com o espaço que sobra para trás do meu carro, como é que estou a bloquear a passagem a "defecientes motores, idosos, pessoas com carrinhos de bebé ou compras"!

    Por esta ordem de ideia, a rua da minha casa é bem larga, mas a minha casa é pequena, logo, posso pôr parte dos meus mòveis no passeio.
    Prometo deixar espaço suficiente para os peões passarem!

    Obrigada pela óptima dica!

    ResponderEliminar
  129. Olha que as AAA são mais pequeninas que as AA

    ResponderEliminar
  130. "Por esta ordem de ideia, a rua da minha casa é bem larga, mas a minha casa é pequena, logo, posso pôr parte dos meus mòveis no passeio.
    Prometo deixar espaço suficiente para os peões passarem!"
    Tenho uma ideia melhor. Porque não os põe na estrada e deixa o suficiente para os carros passarem? Talvez seja melhor ocupar uma das faixas, afinal têm a outra para se desviarem.

    ResponderEliminar
  131. Parece que não, no meio destas pequenas ironias, o ultimo anónimo acertou na grande questão:
    Porque razão se onera o peão e não o carro?
    Ou seja, se eu não tenho lugar, porque razão vou estacionar no passeio e não em segunda fila?
    Porque razão prefere incomodar os peões, do que incomodar os carros?
    Há quem diga que os peões conseguem sempre passar, e os carros podem mais facilmente ficar bloqueados.
    Mas eu afirmo: Se é carro, que estorve os carros; se é peão que estorve os peões!

    ResponderEliminar
  132. A resposta é simples. No passeio não são multados. A autoridade é conivente e cúmplice desta fantochada. Não é uma questão de incomodar, é de se livrarem da multa.

    ResponderEliminar
  133. Sou o anónimo de 21 de Abril de 2010 17:38:

    Parece que o autocolante que colei ontem no FIAT Punto azul surtiu efeito. A madame ao chegar hoje a casa soube estacionar o pópó num lugar de estacionamento construido mesmo para esse efeito, ao contrário de o deixar em cima do passeio como é hábito. Esperemos que tenha aprendido a lição. Senão, ainda tenho aqui cerca de 40 autocolantes.

    ResponderEliminar
  134. AaA que não conhece os outros tais AA22 de abril de 2010 às 17:39

    "Olha que as AAA são mais pequeninas que as AA"


    o TAMANHO não é tudo...

    ResponderEliminar
  135. Vamos lá a animar este post, que isto está muito parado!
    Afinal como é que ficou a história do twingo?

    ResponderEliminar
  136. Foi muito provavelmente prá sucata, o lugar dele!

    ResponderEliminar
  137. Aqui o anónimo de 22 de Abril de 2010 15:20 com más noticias: afinal foi sol de pouca dura, pois a imbecil do FIAT Punto azul voltou a estacioná-lo em cima do passeio como é seu hábito, sendo que, no momento em que o fez, havia pelo menos 4 lugares de estacionamento vagos, contei-os eu a cerca de 20 metros do passeio onde esta aventesma largou o carro. Lá levou mais um autocolante, amanhã já vai ter com que se entreter e dar à unha para o arrancar.

    ResponderEliminar
  138. Ao anónimo das 20:39,

    Não desista que há-de resultar. Tive um atrasado mental a fazer o mesmo na minha zona. Levou pelo menos com 20 autocolantes, até que decidiu comprar o dístico de residente, como as pessoas normais. Hoje estaciona correctamente. Se for preciso, escreva uma carta registada à P.S.P. da área a denunciar a situação. Cumprimentos.

    ResponderEliminar
  139. A mim parece-me que, com essas bestas, só mesmo à besta!
    A próxima vez que for por o lixo à rua, deixe-o em cima do carro.

    ResponderEliminar
  140. Realmente, o que é feito do Fido do Twingo que nunca mais nos visitou? Será que a lata já tem travões ou foi para a sucata de vez? E os amiguinhos já compraram o creme para as borbulhas? Ou será que já se arrependeu do mal que fez aos peões? Vá dando notícias, amigo Fido.

    ResponderEliminar
  141. O FIAT Punto azul de que falo é este:

    http://passeiolivre.blogspot.com/2010/03/estacionamentos-imbecil-em-setubal.html#comments

    ResponderEliminar
  142. Mas o "Passeio Livre" ameaça pessoas no seu proprio blog? O rapazote mauzao de 1,80 e tal e de 90 e tal quilos, desportista, faz parte desta associação?

    A "Patricia" pertence a esta associação? Estou a falar da patricia que andou aí a catalogar as pessoas que encontrou na rua como "fido" e miudos de borbulhas.

    Tambem foram pessoas do "Passeio Livre" que ameaçaram danificar o carro?

    Ou foram anónimos que nada têm a ver com esta associação?

    Aguardo resposta.
    Obrigado.

    ResponderEliminar
  143. fidodido parece-me que estás23 de abril de 2010 às 14:55

    ...aguarda sentado!

    ResponderEliminar
  144. O passeio livre não é uma associação.

    A iniciativa surgiu a partir de um grupo de pessoas que discutia estes assuntos em fóruns e foi após a criação do blogue que se tornou amplamente divulgada, tornando-se aberta à participação de todos.

    As caixas de comentários são espaços de diálogo com discussões que se esperam frutuosas.

    O disparate não paga imposto e optámos ter as caixas de comentários sem censura. Obviamente que nenhuma das pessoas que gere o blogue se revê em ameaças ou insultos.

    Ocasionalmente já foram apagados comentários por conterem insultos pouco apropriados a uma saudável discussão.

    ResponderEliminar
  145. Diz o JB num dos seus comentários, o seguinte:

    "Aqui se vê o que estes "Pseudo-Polícias" realmente são... uns cobardes de 1ª! Colam autocolantes nos vidros dos carros quando os proprietários não lá estão, ameaçam os condutores de que danificam o carro, marcam horas, e depois como são "putos na crise da borbulha", inventam que não lá estiveram?"

    É estranho que este senhor se indigne tanto, pelo facto de alguém colar os autocolantes nos carros quando os proprietários não estão no local, porque eu duvido muito que o senhor fosse capaz de estacionar o seu chaço em cima do passeio no local onde eu estivesse!
    Estando eu parado num passeio, gostava de vê-lo subir o dito passeio e obrigar-me a sair de onde estava para lá colocar o seu "mais que tudo"! Gostava de ver essa coragem! Ou ia atropelar-me em cima do passeio?

    Todos sabemos que vocês não conseguem arranjar argumentos para defender as vossas teorias de invasão dos passeios, mas caramba, será necessário despejarem aqui tanta alarvidade, tanta ignorância, tanta parvoíce que em nada vos dignifica?
    Acham que devem estacionar em cima dos passeios? Pois continuem a fazê-lo, mas ao menos tenham a inteligência de ficarem calados! Assumam a vossa imbecilidade e continuem a gastar as unhas a arrancar os autocolantes.
    Já estraguei as unhas a muito imbecil e não vou desistir (pelo menos enquanto não entenderem que a estrada é para os carros e o passeio para os peões... e eu faço parte dos dois grupos!)

    ResponderEliminar
  146. Diz o JB num dos seus comentários, o seguinte:

    "Aqui se vê o que estes "Pseudo-Polícias" realmente são... uns cobardes de 1ª! Colam autocolantes nos vidros dos carros quando os proprietários não lá estão, ameaçam os condutores de que danificam o carro, marcam horas, e depois como são "putos na crise da borbulha", inventam que não lá estiveram?"

    É estranho que este senhor se indigne tanto, pelo facto de alguém colar os autocolantes nos carros quando os proprietários não estão no local, porque eu duvido muito que o senhor fosse capaz de estacionar o seu chaço em cima do passeio no local onde eu estivesse!
    Estando eu parado num passeio, gostava de vê-lo subir o dito passeio e obrigar-me a sair de onde estava para lá colocar o seu "mais que tudo"! Gostava de ver essa coragem! Ou ia atropelar-me em cima do passeio?

    Todos sabemos que vocês não conseguem arranjar argumentos para defender as vossas teorias de invasão dos passeios, mas caramba, será necessário despejarem aqui tanta alarvidade, tanta ignorância, tanta parvoíce que em nada vos dignifica?
    Acham que devem estacionar em cima dos passeios? Pois continuem a fazê-lo, mas ao menos tenham a inteligência de ficarem calados! Assumam a vossa imbecilidade e continuem a gastar as unhas a arrancar os autocolantes.
    Já estraguei as unhas a muito imbecil e não vou desistir (pelo menos enquanto não entenderem que a estrada é para os carros e o passeio para os peões... e eu faço parte dos dois grupos!)

    ResponderEliminar
  147. Faísca, mas o nome JB já quer dizer qualquer coisa. Ninguém com esse nome pode estar lúcido. Então se for o 15 anos...

    ResponderEliminar
  148. Seja Associação ou movimento ou o que lhe quiserem chamar as perguntas foram feitas e nao foram respondidas. Aqui estão elas de novo.


    O "Passeio Livre" ameaça pessoas no seu proprio blog? O rapazote mauzao de 1,80 e tal e de 90 e tal quilos, desportista, faz parte deste movimento ou nao?

    A "Patricia" pertence a este movimento ou nao? Estou a falar da patricia que andou aí a catalogar as pessoas que encontrou na rua como "fido" e miudos de borbulhas.

    Tambem foram pessoas do "Passeio Livre" que ameaçaram danificar o carro, ou nao?

    Ou foram pessoas que fizeram comentários mas que nada têm a ver com este movimento?

    Penso que fui bastante explícito nas perguntas.

    Aguardo resposta.
    Obrigado.

    ResponderEliminar
  149. BM, se não sabe ler o problema já é seu...

    ResponderEliminar
  150. Que ele é escasso de entendimento, já estava mais que demonstrado, o que eu não percebi foi porque razão o PL se deu ao trabalho em responder!
    Já alguém ali em cima disse-o, e bem, que «com essa gentinha não vale a pena conversar».
    Pá bardamerda..., como diria o outro: «NEXT!»

    ResponderEliminar
  151. Eu sei ler e muito bem. Apenas quis que o admitissem sem estar a dar voltinhas ao português.

    E pelo que li apenas posso interpretar que se nao responderam de forma explicita às minhas perguntas é porque afinal a resposta às mesmas é "sim".

    Ou seja, as pessoas que representam este movimento ameaçam automobilistas, chamam-lhes nomes como se de crianças se tratassem e ainda ameaçam danificar carros.

    E o rapazote mauzão já demonstrou a sua infantilidade e o seu grande jeito para graçolas no seu ultimo post.

    Apenas fiz estas perguntas para tentar compreender a credibilidade deste movimento e das pessoas que o representam.

    E a conclusão esrá a vista de todos, basta ler.

    ResponderEliminar
  152. ...e julgas que alguém se interessa pelas tuas conclusões?

    ResponderEliminar
  153. Não,não sabe ler.

    Respostas do Passeio Livre:

    "Quanto ao encontro:
    O Passeio Livre opõe-se firmemente a este tipo de iniciativas! Recentemente promovemos um debate público sobre o assunto, bastante divulgado no blog e nos meios de comunicação social, e é nesse âmbito que se devem discutir estes assuntos; "


    "nenhuma das pessoas que gere o blogue se revê em ameaças ou insultos."

    Mas se quer continuar com as parvoíces, força nisso, ninguém o impede, até porque o Passeio Livre também disse "optámos ter as caixas de comentários sem censura". Não faça é dos outros parvos.

    ResponderEliminar
  154. Amonimo das 19:22 :

    Quero la saber se alguem se interessa pelas minhas conclusoes. Achas que alguem se interessa pelo que tu dizes? Claro que não. E nao vieste aqui escrever na mesma?

    Agora o anonimo das 20:09 :

    Pare lá de desconversar... Vem agora falar de parvoíces, e de divulgação na comunicação social... É o que se chama de falar muito sem dizer nada.

    Responda mas é EXPLICITAMENTE ao que foi perguntado...

    Eu fiz perguntas explícitas de resposta simples (sim/nao). Vai haver resposta a elas ou nao? É simples: sao 3 perguntas, onde apenas têm de dizer sim ou nao a cada uma delas.

    Nao faço de ninguem parvo, voces é que devem querer fazer. Eu apenas fiz as perguntas e toda a gente viu que nao foram respondidas, voce é que quer fazer dos outros parvos.

    A resposta que voces deram é demasiado genérica e vaga. Serve pra dizer que eles não pertencem ao movimento, da mesma forma que serve para os proteger, pois apenas foram ditos alguns dos propositos do movimento, o que não quer dizer que dentro dele não haja pessoas com pouca ou nenhuma integridade.

    PS - Toda esta conversa seria evitada caso tivessem respondido.. É só dizer sim ou nao, querem mais simples que isto?

    Voces querem é exatamente isto que se está a passar: conversa fiada onde têm sempre uma resposta pra me dar, mas nunca chegam a responder ao que perguntei. E aposto que a proxima vez que me responderem vai ser mais do mesmo: uns graçolas a tentar ter piada e os restantes que escrevem muito mas nunca respondem ao que foi perguntado.

    ResponderEliminar
  155. Entao tome lá mais esta sr. BM: V.ª Ex.ª é BURRO e não tem albarda!
    E deixe lá o rapaz de 1.80 e 90 Kg que ele pode ser todo bom, mas gosta de mulheres.

    ResponderEliminar
  156. E que tal deixar o bm, ou que raio é, a falar sozinho? Só diz disparates, não diz uma para a caixa e só quer conversa. Não tem uma rapariga em casa com quem possa falar? Vá ver o SLB, faça-se um homenzinho! Num sábado à noite aqui pregado a dizer alarvidades...isto há com cada um...!

    ResponderEliminar
  157. "Pare lá de desconversar... Vem agora falar de parvoíces, e de divulgação na comunicação social... É o que se chama de falar muito sem dizer nada."

    Acha que foi por isso que puseram essa frase?!Pronto, afinal não entende mesmo português.

    Eu explico, o Passeio Livre disse isto: "O Passeio Livre opõe-se firmemente a este tipo de iniciativas!" Tendo em conta que as pessoas de que falou promoveram iniciativas dessas (encontros na rua, e afins), não é preciso ser muito esperto para perceber que não estão associadas à organização deste blogue.

    ResponderEliminar
  158. PERGUNTO:
    O grupo de pessoas que estava no citado local à espera do colador, pretendia cumprir com o que prometera?
    O sr BM estava nesse grupo?
    Esse grupo de pessoas trabalha na Direcção Gera dos Impostos?
    O sr. BM trabalha no referido serviço público?
    Pode limitar as suas respostas a um mero SIM ou NÃO!

    ResponderEliminar
  159. BM, e se eles fizerem parte desta "associação", o que é que vai fazer?!

    ResponderEliminar
  160. O BM tem mesmo muitas dificuldades em ler não tem?! Não sei se já percebeu que quando a organização do blogue quer dizer alguma coisa, assina como "Passeio Livre" não anda a fazer comentários com pseudónimos para entreter a miudagem. Aliás, se percebesse minimamente o português escrito percebia logo no primeiro comentário que o Passeio Livre fez que eles nem sequer normalmente se dão ao trabalho de comentar, só mesmo quando as circunstâncias o exijam (e veja lá que você até teve direito a um comentário deles e tudo! aposto que já foi contar aos colegas da escola todos!)

    ResponderEliminar
  161. O rapazito quer é conversa, tadito! Trabalha na Direcção Geral dos Impostos, o tanas! Deve andar num infantário ali perto e já vai com sorte.

    ResponderEliminar
  162. Já mete nojo este post.
    Não dá para, tipo fechar o post e «siga para bingo»?

    ResponderEliminar
  163. Mais uns 10 posts depois do meu

    Respostas ao que perguntei? zero

    Conversa da treta? muita

    ResponderEliminar
  164. BM, acha que as pessoas do Passeio Livre estão aqui 24 horas por dia a fazer refresh para ver se alguém lhes pergunta alguma coisa?!

    Para de se comportar como uma criança, estamos no fim-de-semana e a vida das pessoas não é só isto.

    ResponderEliminar
  165. Alguém lhe prometeu uma resma de autocolantes se o post chegar aos 200 comentários...

    ResponderEliminar
  166. Responde lá então às minhas perguntas, tarola!

    ResponderEliminar
  167. Bom vou para o meu ultimo comentario aqui, pois ja vi que nao vale a pena qualquer tentativa de comunicação.

    Anonimo das 22:41 - Não estão aqui 24 por dia pra responder ás perguntas, mas pra fugir às perguntas já estao?... Basta ler meu caro...Basta ler..

    -//-

    anonimo das 22:45 - eu só fiz 3 comentarios, voces é que fizeram os restantes, diga-se que de forma bastante desnecessaria, tal como esse post que voce fez ao qual estou a responder: desnecessário.

    -//-

    AA - acha-se muito engraçadinho atras de um computador, caso contrario nao me chamavas tarola

    Ainda assim vou responder pois nao tenho medo de responder ao que me perguntam:

    1- O grupo de pessoas que estava no citado local à espera do colador, pretendia cumprir com o que prometera?
    R- Não sei do que está a falar sequer, e nada tem a ver como que perguntei.

    2- O sr BM estava nesse grupo?
    R - Não estava nesse grupo, sou apenas um leitor do blog que achou estranho certos comentarios

    Esse grupo de pessoas trabalha na Direcção Gera dos Impostos?
    R- Qual grupo de pessoas? Mas voce está a falar do que mesmo?

    3- O sr. BM trabalha no referido serviço público?
    4- Não nao trabalho no serviço publico, trabalho num privado. Quer saber qual a empresa e o meu numero de empregado tambem? Só faltava isso..

    -//-

    Eu apenas fiz 3 perguntas, não ofendi ninguem. Pelos vistos toquei na ferida e alguem se ofendeu com elas.

    Quem por aqui passar e ler isto que tire as suas conclusoes que eu nao passo ca mais... Eu tentei... Está chapado nesta caixa de comentarios que por casa post que eu fazia vinham 6 ou 7 a desconversar ou a ofender. Fiquem com a vossa e colem muitos autocolantes.

    ResponderEliminar
  168. Isto é um ameaça? Tarola?
    Pois bem... vai e não voltes (principalmente a estacionar o chaço no passeio) E FICA TRANQUILO, tarola, que fica aqui a tua marca bem patente: o título do tópico tem tudo a ver contigo!
    hasta|

    ResponderEliminar
  169. É preciso ter lata! Primeiro fala acerca do rapazote mauzão, depois fala da Patrícia, do Fido e dos miúdos com borbulhas que estavam com ele, e quando se lhe toca na ferida, perguntando-se pela sua identidade e se estava naquele filme, diz que não sabe do que se está a falar, faz-se de vítima, mete o rabinho entre as pernas, amua e diz que não volta. Oh homem, vá-se curar que bem precisa!!!

    ResponderEliminar
  170. "
    Anonimo das 22:41 - Não estão aqui 24 por dia pra responder ás perguntas, mas pra fugir às perguntas já estao?... Basta ler meu caro...Basta ler.."

    Eu sei ler, quem parece que continua a não saber é o BM: ontem (sexta) perguntou isso, passados 19 minutos recebeu uma resposta do Passeio Livre (que só o BM parece que não percebeu o que dizia). 24 horas depois volta a perguntar o mesmo e em vez de esperar uma resposta do Passeio Livre (nem que fosse a mandar-lhe dar uma volta), arma-se em vítima, desgraçadinho e injustiçado porque não lhe respondem (mesmo sem saber se alguém do Passeio Livre passou por aqui ou não).

    ResponderEliminar
  171. Eu ainda sou do tempo que quando alguém era apanhado a desrespeitar o Código da Estrada dizia qualquer coisa como "Desculpe, não se volta repetir" e seguia caminho de olhar cabisbaixo para ver se não era multado (caso estivesse a falar com a polícia) ou se a polícia não era chamada (caso estivesse a falar com um «comum cidadão»).

    Como hoje em dia existe esta maravilha da Internet onde ninguém lhes vê a fronha, já são todos uns heróis, não cumprem a lei e ainda têm orgulho nisso, porque se é para o bem deles, os outros que se f***m.

    36 anos depois das conquistas de Abril chegamos a este ponto, em que uma parte da população portuguesa acha que tem mais direitos do que os outros.
    Os capitães de Abril devem estar muito orgulhosos.

    ResponderEliminar
  172. Desculpem lá mas eu já li tudo e tambem não consegui perceber a resposta às perguntas dele. Eles sao ou nao do blog?

    ResponderEliminar
  173. BM, é a última vez que lhe respondo: pare de se fazer de parvo! O Passeio Livre na resposta que lhe deu (que relembro foi 19 minutos depois da sua primeira pergunta) disse que não tinha nada a ver com os comentários que aqui eram feitos, mas que por regra geral não fazia censura.

    Se você daí depreende que toda a gente que aqui faz ameaças pertence à organização do blogue, olhe, paciência. Eu não vejo qual era a necessidade de andar a ameaçar pessoas pondo em causa a credibilidade da ideia, mas há malucos para tudo (como os seus comentários bem provam).

    Passe bem, bom feriado e respeite a lei.

    ResponderEliminar
  174. Ó BM, se tu não tens nada a ver com nada do que aqui se passou sobre o suposto encontro no passeio retratado na foto, qual é o teu interesse em saber quem é a Patrícia, ou o rapazote de 90 kg?!

    ResponderEliminar
  175. " Desculpem lá mas eu já li tudo e tambem não consegui perceber a resposta às perguntas dele. Eles sao ou nao do blog?"

    Andreia, acho que não é preciso ser um génio para perceber que obviamente que não são). Só mesmo na cabecinha de alguns alucinados é que passa a ideia de que tal coisa ser possível. Acha mesmo que um movimento que quer ser ouvido e levado a séiro (e que, para isso, precisa de credibilidade) se pode dar ao luxo de andar a ameaçar pessoas na Internet?!

    ResponderEliminar
  176. Mas se não são como é que a Patricia sabe como eles eram? Estava lá de passagem? Ela disse no post dela que foi ao local e viu-os E disse que o autoculante funcionou... Eu compreendo as perguntas dele, ha aqui qualquer coisa mal contada. Bom, mas entendam-se voces que não é nada comigo. Bom fim de semana.

    ResponderEliminar
  177. Eu tb passei por lá e não pertenço ao Passeio Livre, não que não gostasse, mas nunca ninguém me convidou.
    E se perguntam porque passei por lá, simplesmente porque passo ali todos os dias, 2 vezes ao dia, para apanhar o Metro e fiquei curiosa.
    Acompanhei a discussão, como acompanho regularmente este blog (porque sinto na pele os problemas do estacionamento selvagem).
    É raro comentar aqui e quando o faço assino como anónimo (se o blog dá esse privilégio, então eu utilizo-o, porquê? Porque já assisti aqui a imensas ameaças, e são sempre dirigidas a quem cola autocolantes).
    A mim indigna-me que venha agora aqui alguém, que certamente sempre esteve metido no barulho, talvez o tal de bm(w), que certamente foi uns dos que apareceram no local para bater no colador, tentar inverter o papel das coisas.
    Sabem que mais, vou deixar simplesmente de voltar a ler este post, como alguém aqui disse já enjoa…

    ResponderEliminar
  178. GRANDA ANDREIA MATOS!25 de abril de 2010 às 09:32

    ENAPÁ!
    GRANDA ANDREIA MATOS!
    Dêem-lhe o prémio da cibernauta do ano.... nunca aqui põs os pés, e loga da primeira vez, à uma da matina, visita o blog, salta para o 3 post, e lê nada menos que centena e meia de comentários!!!!

    ResponderEliminar
  179. Ya...e não é nada com ela!

    ResponderEliminar
  180. Não!
    Sim, e
    Não sabemos bem…

    O PL não ameaça ninguém aqui no blog, mas já recorremos a uma empresa especializada em segurança para lidar com um caso concreto;
    A Patrícia é a 3.º vogal do conselho fiscal e professora de Física Aplicada no IST;
    O tal «brutamontes dos 90 kg», ainda estamos a tentar perceber quem é, assunto que será debatido na próxima Assembleia Geral, cuja acta será publicada num jornal de grande tiragem, como habitual.
    Com os melhores cumprimentos,

    ResponderEliminar
  181. " Eu compreendo as perguntas dele, "

    A «Patrícia» comentou neste post tal como o BM. Se ela por ter comentado é do Passeio Livre (?!) então também eu sou, o BM também e olhe, a Andreia também é! Isso tem alguma lógica para si?!

    Bom fim-de-semana para si também.

    ResponderEliminar
  182. Então o 3.º vogal do conselho fiscal não era eu?

    ResponderEliminar
  183. Mas de onde é que saiu este Gerry Conlon? De algum circo? Quer dizer, o Fido e os seus compinchas anónimos, o sr. do BMW e mais não sei quem, é que vêm para aqui fazer ameaças a marcar uma hora para um encontro, em que se iria "discutir cara a cara", depois aparece lá um batalhão pronto para a violência, e a Patrícia e o rapaz dos 90 Kg é que pagam as favas, que apenas se limitaram a responder com elevação e sem violência. Tenha juízo, rapazito!
    E já agora, algo que só foi dito com alguma clareza pelo anónimo das 11:33, isto é um movimento composto por pessoas que, maioritariamente, não se conhecem. São pessoas anónimas que não gostam de ser incomodadas com carros estacionados nos passeios e que, por isso, pedem autocolantes e tantam participar de alguma forma no blog, quer através de fotos, quer através da discussão. Se certos meninos querem meter tudo no mesmo saco, apelidando ao conjunto destas pessoas um Movimento, é lá com eles.

    ResponderEliminar
  184. Sr. Gerry,

    E daí? Nem sei do que está a falar. Assembleia-Geral, actas, jornal de grande tiragem? Por aqui se vê quem gosta de ameaçar.
    Mas digo-lhe que também tenho aqui anotada a matrícula do sr. Fido do Twingo. Basta-me ir à PSP, onde conheço vários agentes e fico a saber o nome e a morada, se o carro estiver no nome dele. Quanto aos outros senhores que estavam com ele, depois desta informação, não há nada mais fácil de saber. E olhe que não preciso de recorrer a empresa especializada nenhuma. Portanto, aconselho-o a parar com as ameaças e a conversar como uma pessoa adulta e civilizada que é para isso que cá estamos.

    ResponderEliminar
  185. Este pessoal é mesmo alucinado... é assim tão difícil de perceber que o «Gerry Colon» estava a gozar com esta situação toda?!

    Saiam de casa que há um mundo inteiro lá fora...

    ResponderEliminar
  186. Gerry Conlon não saiu de um circo, é uma personagem real com uma história bastante trágica (traduzida para a tela através do filme «Em Nome do Pai»), conhecida como «The Guildford Four and the Maguire Seven», um conjunto de pessoas injustamente condenadas em 1970 pelos tribunais Ingleses, não sei bem onde isso se encaixa aqui...
    Abraço.
    PS: Nos conselhos fiscais não há um 3º vogal; normalmente há 1 presidente, e 2 vogais, sendo um deles nomeado secretário.

    ResponderEliminar
  187. ...realmente isto anda tudo alucinado!
    É impressão minha ou já legalizaram as drogas leves em Portugal?

    ResponderEliminar
  188. depois de ler isto nao posso deixar de dizer que estou do lado do bm e da andreia

    voces é só ofensas sem justificações, chamam burro, e dizem que diz parvoices, mas voces é so argumentos de caca

    eu percebi bem as perguntas, e como ja dissram essa patricia devia era ter mais tino na lingua

    com que entao a 3ª vogal do movimento vem aqui fazer apreciações sobre o aspecto fisico das pessoas.. bonito

    mas depois de ler isto, e eu ate até apoiava o movimento só posso ficar com nojo destas pessoas... fodasse, é que nunca mais ca volto, e se alguem me poe o autocolante no vidro arrisca-se a levalas.... depois chamem a bofia ou a vossa segurança privada... já vai ser tarde, nessa altura já estão de olho negro.. e com as minhas consequencias acarto eu estejam descansados

    e podes vir tu ó brutamontes, se quiseres ser humilhado por um gajo de 1m67 estas a vontade

    sao mesmo burros...

    ResponderEliminar
  189. Vocês já viram a quantidade de anónimos que por aqui andam? Já viram que já ninguém sabe a quem está a responder? Já viram que com esta coisa de todos se designarem por "Anónimo", isto é uma confusão desgraçada?
    Então porque é que que os anónimos não inventam uma pseudónimo qualquer, que sirva de referência aos seus comentários? Não é necessário identificarem-se nem dar o nome, a morada, o telefone ou qualquer elemento de identificação. Basta que inventem um nome (Pintas, Zé Manel, Tochas, Bocas, Trócaste (este não, porque já existe!), Ventania, Trolaró, etc.) e que ao seleccionarem o perfil, não escolham "Anónimo" mas sim "Nome/Url" e escreverem o nome que inventaram no espaço "Nome". Depois é só inserir a palavras que vos é dada e está feito.
    Ninguém é identificado mas torna-se muito mais fácil é prático dizermos que estamos a responder ao comentário do Pintas, do Trolaró ou seja lá de quem for, do que andarmos todos a responder à conversa do "Anónimo" que ninguém sabe quem é ou o que escreveu, porque são todos anónimos!
    É que com tanto anónimo, isto torna-se uma conversa de surdos e parecemos uma cambada de tótós a fazer comentários a ideias ou opiniões que ninguém sabe de quem são.

    Isto deveria ser um conselho dado pela administração do blogue, mas como ninguém o faz, faço-o eu!
    Pensem nisso!

    ResponderEliminar
  190. Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

    ResponderEliminar
  191. Granda comédia, é so pessoal com caparro, professores do ist, pessoal que tem amigos na policia que arranja moradas de forma ilegal.

    Eu sou primeiro ministro!!

    ResponderEliminar
  192. entao, tiraram o meu comentario???? nao tinha lido que não havia moderação nem censura??

    nem no dia 25 de abril???

    "Esta mensagem foi removida por um administrador do blogue.
    25 de Abril de 2010 14:39"

    quando não se gosta de ouvir as verdades é melhor apagar nao é?

    mas eu repito: faísca pertences ao grupo do twingo ou nao?? trabalhas ou nao nas financas

    ResponderEliminar
  193. Caros comentadores
    Tem sido princípio deste blog não submeter os comentários a qualquer tipo de censura, pois defendemos os princípios constitucionais da República; porém a liberdade de expressão termina exactamente onde começa a prática dos crimes contra a honra.

    ResponderEliminar
  194. passeio livre:

    diz la onde é que eu ofendi alguem, estou a espera

    e agora quero que compares isso com o que disse a patricia "Cumpre ainda referir que todos tinham um ar extremamente culto (tipo novas oportunidades) e que o dono do twingo é uma versão definhada do «Fido da 7Up»."


    não ofende a honra tambem? porque apagaste o meu e nao apagaste o dela?

    ResponderEliminar
  195. Como é que se pode ser mais definhado que o Fido?

    ResponderEliminar
  196. já começam os comentarios a desviar a conversa.. já ao outro la em cima fizeram o mesmo... é essa a tecnica do blog?

    passeio livre, toume a borrifar pro que os outros escrevem, a minha observação/pergunta ja foi feita, fico à espera de resposta, nem que seja no meio de dezenas de posts sem conteudo como "Como é que se pode ser mais definhado que o Fido?"

    fico a espera

    ResponderEliminar
  197. É só para dizer que eu também me sinto ofendido!!!

    ResponderEliminar
  198. + de 200 COMENTÁRIOS, É OBRA!
    E isto sem o Medina Ribeiro, senão ia aos 300.
    PARABENS!
    ...

    ResponderEliminar